Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Um novo recurso beta do YouTube deixa ele mais próximo do SoundCloud do que nunca: a plataforma está testando a exibição de comentários com marcação de tempo. Isto é, marcar uma parte específica do vídeo no qual se comenta, com um link que leva a essa parte. A função, disponível para um grupo seleto de testadores, exibe os perfis e mensagens ao lado do vídeo, de uma forma similar ao que acontece com as mensagens nas lives.

Para verificar se você faz parte do grupo seleto, basta abrir um vídeo no aplicativo da plataforma para Android ou iOS. Ao clicar no campo de comentários, ver se a função “Timed Beta” está disponível nos organizadores. Ela deve aparecer entre as opções “Mais Recentes” e “Principais Comentários”.

publicidade

Se disponíveis para a sua conta do YouTube, os comentários se agruparão na linha do tempo do vídeo, com marcadores para visualização. É possível que a nova mecânica auxilie a evitar spoilers, ou ainda sinalizar momentos importantes do conteúdo. Ou quem sabe, concentrar o maior chorume dos comentários num lugar só.

Comentários continuam sendo incógnita para YouTube

O YouTube parece ter dificuldade em decidir o que fazer com os comentários. Ano passado, a plataforma estava testando a divisão de vídeos em subseções para melhor organização de conteúdos em lista. Mês passado, a plataforma também anunciou um novo recurso para respostas rápidas na sua versão de aplicativo.

Considerando que os marcadores também se sobrepõem à linha de tempo do conteúdo, não se sabe ainda como os desenvolvedores farão para que os comentários não poluam o vídeo, dificultando o salto entre os momentos por acidentalmente clicar em um comentário. Ou ainda, se a própria exibição deles não corre o risco de desviar a atenção do conteúdo em primeiro lugar.

De qualquer modo, o recurso está em fase de testes, e pode acabar sofrendo mudanças ao longo do caminho. Ou que ainda nem chegue para o público geral.

publicidade

Via 9to5Google

Imagem: Christian Wiediger/Unsplash/CC