Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O lançamento do Galaxy Z Fold 3 está cada vez mais perto e algumas informações sobre o aparelho dobrável da Samsung estão surgindo. Dessa vez, três leakers soltaram novidades de uma vez a respeito da construção do smartphone e de suas especificações.

Primeiramente, o site MyFixGuide acredita que o modelo vai ter uma redução de bateria. Mas a organização não muda, o celular continua com seu sistema de bateria dupla. A expectativa é que uma delas tenha 2.215mAh e a outra de 2.060 mAh, juntas, elas chegam a uma capacidade total de 4.275 mAh.

publicidade

Se isso realmente for confirmado, vai ser menos do que as 4.500 mAh do Galaxy Z Fold 2. É estranho pensar nessa diminuição pois, 4.275 mAh não é particularmente impressionante para um modelo dobrável. Considerando o tamanho de sua tela interna e o fato de a carga precisar abastecer três displays, isso pode ser um problema.

Mais novidades

O segundo vazamento vem do SamMobile, fontes ouvidas pelo site afirmam que o Z Fold 3 terá algum tipo de proteção contra água e poeira. Essa informação não é exatamente nova e já vem sendo especulada há algum tempo. Apesar disso, o grau dessa classificação IP não foi revelado.

O Samsung Galaxy Z Flip 3, que deve ser lançado junto de seu irmão flexível, também se beneficiária desse recurso. Pode parecer algo trivial, mas os modelos anteriores não ofereciam nenhum tipo de proteção desse tipo e a julgar pelo preço desses aparelhos pode ser algo importante.

publicidade

Por último mais não menos importante, um velho conhecido leaker da Samsung, Ice Universe, revelou que o Z Fold 3 vai ter um chipset top de linha, no caso, o Snapdragon 888. O processador já foi adotado pela Samsung no Galaxy S21 em alguns locais do mundo e já era esperado no dobrável, que deve ter configurações de flagship. Além disso, o celular seria 13g mais leve que a versão anterior.

No entanto, o próprio Ice Universe chegou a afirmar que o modelo teria um chip “ultrassecreto”, dando a entender que seria algo diferente do Snapdragon 888 ou do Exynos 2100. De qualquer forma, isso parece ter caído por terra.

A expectativa é de que os dois novos dobráveis da Samsung sejam mostrados em um evento online ainda este ano, em julho. A data faz sentido se levarmos em conta que a empresa não possui nenhum outro grande smartphone cotado para este ano antes da linha S. A companhia já confirmou que não lançará o Galaxy Note 21. Essa janela deve ser ocupada pelos celulares com tela flexível.

Via SamMobile e MyFixGuide