Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Enquanto a Apple segue apostando em um notch para abrigar a câmera frontal dos seus smartphones, no universo Android algumas fabricantes já tentam brincar com o sensor escondido embaixo da tela. A ZTE tem um dispositivo com essa tecnologia, e outra chinesa poderá segui-la ainda em 2021: a Vivo com o Nex 5. Vale lembrar que, no ano passado, a empresa apresentou o conceito APEX 2020, que tinha uma câmera frontal sob a tela.

Insiders do Weibo, rede social chinesa, começaram a soltar as primeiras informações obtidas em bastidores. O smartphone poderá ter um modelo básico com câmera oferecida por um furo, mas uma versão mais avançada esconderia a câmera sob o tela. Seria curioso se a linha que por tanto tempo apostou em câmeras pop-up não adotar essa solução nem mesmo no seu modelo mais barato.

publicidade

Além disso, o Vivo Nex 5 deverá ter uma tela de 6,78 polegadas, curvado em todos os cantos, com resolução ainda desconhecida, oferecendo a lente de selfies na resolução de 32 MP. Quem pensa que ele poderá ser apenas mais um smartphone conceitual para a Vivo marcar posição pode estar enganado, já que a possível presença do sensor GN2 de 50 megapixels da Samsung — o mais largo da indústria até hoje e já equipado no Mi 11 Ultra — como câmera principal traseira pode apontar um produto competitivo para quem gosta de fotografar. A câmera ultra-wide traria a resolução de 50 MP também.

Recarga rápida e lançamento

Os insiders começam a divergir quando o assunto é a bateria do Vivo Nex 5: um deles diz que o tanque de 4500 mAh será recarregável a até 66W de forma cabeada, e 40W sem fios. Outro pontua que a potência máxima com o cabo USB-C será de 120W, e wireless ele alcançará 60W. Qualquer um desses cenários, se vier a ser confirmado, o colocaria como um dispositivo de recarga bastante rápida.

Ainda longe do seu lançamento muita coisa poderia mudar até o celular chegar às prateleiras: o Vivo Nex 5 só seria anunciado oficialmente no segundo semestre. Apesar das marcas chinesas apostarem alto em custo x benefício, essa família de produtos costuma não ser a mais vantajosa nesse sentido, exatamente pelos recursos em primeira mão que sempre tentou oferecer.

Via GSM Arena

publicidade