Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A existência do Snapdragon 775 dá uma boa dica de como o próximo celular do Google poderá chegar no mercado: um celular intermediário. Mas não só ele: o software Google Camera, em uma das suas versões mais recentes, traz menções interessantes sobre os Pixel 5a e Pixel 6, oferecendo as primeiras pistas sobre as câmeras desses smartphones.

No Pixel 5a — que, segundo vazamento, chegaria em junho — a câmera de selfies continuaria localizada à borda do celular, como é hoje com o Pixel 4. O app, porém, parece reservar um espaço menor para essa lente: um raio de 55 pixels ao invés de 65. Isso significaria que a câmera viria menor, colaborando para um visual mais discreto no produto.

publicidade
Câmera 4K

Já o Pixel 6, segundo os dados do Google Camera, deverá ter uma lente de selfies alinhada ao centro, como é hoje em dispositivos como o Samsung Galaxy S21. Aqui o sensor também teria um espaço reservado de 55 pixels. O mais interessante é que, se o codinome “Oriole” representa mesmo o Pixel 6 como vazamentos vêm indicando, será finalmente possível gravar vídeos com resolução 4K com a câmera frontal.

Sendo assim, o Google Camera dá informações valiosas sobre o Pixel 6, que poderá representar uma evolução em relação ao seu antecessor. Muitos acabaram se decepcionando com o Pixel 5, uma vez que a troca do chip Snapdragon de série 800 por um da série 700 foi interpretada como downgrade na linha. Agora, que a evolução será de um intermediário para um intermediário melhor, a opinião pública pode ser mais receptiva ao próximo celular da empresa de Mountain View.

Vale lembrar, os celulares Pixel não são comercializados oficialmente no Brasil. Aqui, a estratégia do Google é apostar em gadgets voltados para inteligência doméstica, com os Nest Mini e Chromecast.

Via 9to5Google

publicidade