Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Qualcomm tem lançado seus processadores flagship em eventos no final do ano. Foi assim com o Snapdragon 888, que já aparece em vários topos de linha do mercado. Porém, intermediários vêm mostrando já há alguns anos que podem ter recursos e desempenho premium. Assim, não é nenhuma surpresa que a fabricante esteja trabalhando no Snapdragon 775, que pode trazer novos ares ao segmento mid-range.

Os documentos surgiram primeiro em uma comunidade de fãs da Xiaomi no Telegram, mas logo foram confirmados por fontes do fórum XDA Developers. Essa revelação pode indicar os primeiros detalhes do Pixel 6, já que em 2020 o Snapdragon 765G foi utilizado no Pixel 5, em um movimento no mínimo curioso ao trocar os chips de tops de linha por um da linha de intermediários da Qualcomm.

publicidade
As possíveis novidades do Snapdragon 775

A principal novidade do chip seria o processo litográfico de 5nm, menor e portanto bem melhor do que o chip de 8nm do atual Snapdragon 765. Assim, antes mesmo de benchmarks podemos prever ganhos de performance e gerenciamento energético, já que quanto menos nanômetros, mais semicondutores cabem no hardware e menos corrente elétrica é necessária.

Além disso, o Snapdragon 775 deverá ser oferecido em duas versões: uma com 4G e outras com 5G. Supõe-se que ele trará a nova geração Kryo 6 de CPUs, e terá compatibilidade com memórias LPDDR5 e armazenamento UFS 3.1. Até então o mercado utiliza memórias com esses padrões em tops de linha. A compatibilidade do SoC com elas poderá incentivar algumas marcas a popularizarem esses protocolos em mais produtos.

Ainda segundo os rumores, outra característica do Snapdragon 775 seria o sensor Spectra 570. Ele traria suporte para até três câmeras de 28 MP na traseira dos aparelhos que poderá equipar, além de permitir gravação de vídeos a 4K 60 fps. Haveria ainda Wi-Fi 6E. Como era de se esperar, a Qualcomm não comenta o vazamento.

Assim,  só nos resta aguardar para a fabricante do chip falar mais a seu respeito. Certamente o Snapdragon 775 chegará em algum momento de 2021, e se essas especificações forem confirmadas, o mercado de intermediários poderá contar com produtos ainda mais interessantes nos próximos meses.

publicidade