Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Os novos Meizu 18 e 18 Pro foram oficializados na China hoje, mas sem carregador na caixa. Convenientemente, a fabricante lançou também um carregador de 40W, vendido separadamente, que recarrega os celulares no melhor tempo possível.

Com um design diferenciado, o Meizu Vertical Wireless Charger é um carregador que, como o nome sugere, deixa o seu smartphone em pé. E também não requer fios para alimentar a bateria de um Meizu 18. Lançado ao preço de CNY 199 (R$ 168 em conversão direta hoje, 03/03), o acessório tem acabamento prateado, contra o convencional preto ou branco desse tipo de acessório.

publicidade

É bastante provável que o acessório seja compatível com outros smartphones do mercado, uma vez que imagens mostram que o ponto de contato entre o dispositivo e o celular é na mesma região que todos celulares com esse recurso embutem o hardware responsável por ela. Por outro lado, é improvável que em outros aparelhos do mercado a potência do carregador chegue aos 40W como no Meizu 18 Pro, ou 36W como no Meizu 18. Isso porque cada aparelho não apenas tem o seu próprio limite de corrente elétrica — determinado muitas vezes por precaução das marcas — como os protocolos de segurança do acessório da Meizu podem não se entender muito bem com o dos aparelhos.

Mesmo sendo honesto e até elegante, o carregador de 40W dos novos Meizu 18 não é a opção mais potente disponível no mercado: a Xiaomi já tem um acessório capaz de entregar 55W a um smartphone compatível, e tem ambições maiores com um produto que chegará a 100W. Há uma certa guerra entre as chinesas nesse sentido, tanto pelo marketing quanto pela praticidade a ser oferecida ao usuário. Fabricantes mais tradicionais, por outro lado, ainda mantém as apostas muito baixas em tempos nos quais até o conceito de carregamento no ar foi demonstrado.

Via TechGenyz

publicidade