Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Mais uma gigante do mundo das notícias entra para o News Showcase: o Google acaba de firmar um acordo de três anos com o conglomerado jornalístico NewsCorp. O grupo, do magnata da mídia Rupert Murdoch, é responsável por veículos como o Wall Street Journal, o New York Post e o The Australian – que, por sua vez, estarão disponíveis no app de notícias do buscador.

O acordo entre as duas empresas envolverá o pagamento de “quantias significativas” para a NewsCorp permitir o acesso à notícias pagas no News Showcase. Segundo o CEO da NewsCorp, Robert Thomson, a expectativa é de que o acordo tenha “um impacto positivo no jornalismo mundial”.

publicidade

O Google também fará outros investimentos em produção de conteúdo jornalístico – especialmente materiais de vídeo. De acordo com o presidente de parcerias globais da empresa, Don Harrison, a parceria cobre não apenas as notícias para o News Showcase, mas também o YouTube, WebStories, Audio e o serviço de anúncios.

O News Showcase estreou na Argentina e no Reino Unido, e já está disponível no Brasil com a alcunha “Destaques” no Google Notícias para o Android. Em breve, o serviço também estará disponível para o iOS.

Caminhos diferentes

Desde que o governo australiano passou a regulamentar a publicação de notícias na internet, exigindo que as redes sociais pagassem os veículos jornalísticos, o Google e o Facebook andam às favas com a Austrália. Nesta semana, o Parlamento recebeu o projeto de lei e, desde então, ambas as big techs estão lidando com a situação de maneira distinta.

A rede de Mark Zuckerberg passou a bloquear as notícias de veículos australianos na sua plataforma por não concordar com as exigências do governo. A Alphabet tentou ir pelo mesmo caminho, ameaçando tirar o Google do país e reduzindo o alcance das notícias locais, mas a pressão acabou não dando certo.

publicidade

Agora, parece que o buscador tenta ser mais rápido que a legislação, assinando contratos multimilionários com grupos de mídia local. O acordo do Google com a NewsCorp (que, vale lembrar, é dona de boa parte de jornais da Austrália) deixa apenas poucos veículos de notícias de fora do News Showcase.

Via The Guardian

Imagem: golibo (iStock)