AplicativosNotíciasCongressista americano fica de ponta cabeça em sessão do Zoom

Paulo Amaral2 semanas atrás5 min

O aplicativo Zoom – ou, devemos dizer, gente sem muita familiaridade usando-o – segue causando saias-justas nos Estados Unidos. Depois de transformar um advogado em gato (um advogato? desculpe), fez com que um congressista americano participasse de uma sessão do Comitê de Serviços da Câmara de cabeça para baixo. A “vítima” da vez foi o deputado Tom Emmer, que participava de uma reunião online para discutir o novo pacote de estímulos financeiros do governo dos Estados Unidos contra a Covid-19.

“Mr. Emmer, me desculpe, mas você está bem”, questionou a líder da sessão. “Sim, estou”, respondeu prontamente o congressista americano, aparentemente ciente do problema que estava enfrentando no Zoom. “Você está de cabeça para baixo, Tom”, emendou um outro participante. “Não sei como consertar isso”, devolveu Emmer, arrancando risos de todos os que estavam envolvidos na seríssima discussão.

“Agradeço sua paciência, senhora presidente (da sessão). Não sei o que aconteceu. Simplesmente saiu assim. Eu desliguei e liguei novamente, mas não adiantou”, desculpou-se o congressista, admitindo sua falta de habilidade em lidar com as “traiçoeiras” ferramentas do Zoom. Pouco depois, no entanto, descobriu o que estava errado e ficou na posição correta, arrancando aplausos de todos da sessão.

Na esportiva

Uma sequência de sugestões bem-humoradas tomou conta da conversa até que uma outra congressista, não identificada na conversa, lembrou do primeiro caso engraçadíssimo envolvendo o Zoom e um advogado americano: “Pelo menos você não é um gato”, disparou, fazendo alusão ao já citado “advogato” Rod Ponton, que sofreu durante uma audiência realizada na 394ª Corte do Texas perante ao Juiz Roy Ferguson.

Assim como fez o Juiz no caso do “advogato”, Tom Emmer também tratou o caso com bom humor depois que ele viralizou. Em sua conta no Twitter, o congressista brincou com a falta de habilidade mostrada no Zoom e postou: “Eu não sou um gato”. Quem será o próximo a pagar mico e sofrer com os filtros e recursos do Zoom? Enquanto a pandemia e o home office estiverem em alta, a resposta parece que não demorará muito para ser dada.

Via The Guardian