AplicativosNotíciasAdvogado sofre com Zoom e vai à audiência com filtro de gato

Paulo Amaral3 semanas atrás5 min

O uso do home office por conta da pandemia fez uma vítima. Um advogado nos Estados Unidos teve que pagar um imenso mico ao não conseguir desativar um filtro do Zoom. Aliás, mico é o bicho errado: ele ficou o rosto de um gato no lugar do próprio enquanto conversava com o Juiz.

Rod Ponton passou pelo cosntrangimento durante uma audiência realizada na 394ª corte do Texas. O diálogo foi postado nas redes sociais pelo jornalista Lawrence Hurley, em sua conta no Twitter, e rapidamente viralizou, recebendo mais de 200 mil curtidas poucas horas após a publicação.

E não é para menos, pois foi engraçadíssimo e, se não tivesse acontecido em uma audiência real, certamente poderia fazer parte de um roteiro de filme de comédia ou dos famosos programas de pegadinhas, que fazem sucesso nos Estados Unidos e no Brasil.

Roy Ferguson, Juiz designado para o caso, dá início à conversa com uma expressão de surpresa: “Acho que você tem um filtro habilitado nas configurações de vídeo e pode querer desligá-lo”, alertou. Desesperado, o gato falante, ou melhor, o advogado, admite não saber tirar o filtro do Zoom. “Pode me ouvir, juiz. Estou aqui ao vivo. Não sou um gato. Não sei como removê-lo. Estou no computador da minha assistente”, argumentou.

Juiz “dá dica” a usuários do Zoom

A saia-justa pela qual passou o advogado Rod Ponton, felizmente para ele (e para o cliente dele, claro) foi encarada com muito bom humor pelo Juiz do caso. Tanto que o próprio Roy Ferguson replicou o vídeo em sua conta no Twitter e ainda deu dicas para que novos usuários do Zoom também não sofram com o filtro do programa e, de repente, se transformem em gato… Ou em algo ainda mais embaraçoso.

“Dica importante do Zoom… Se uma criança usar seu computador antes de você entrar em uma audiência virtual, cheque as opções de vídeo do Zoom para ter a certeza de que os filtros estão desativados. Esse gatinho acabou de fazer um pronunciamento formal em um caso aqui na 394ª”, brincou. “Esses momentos engraçados são exemplos da dedicação profissional para assegurar que a Justiça continue a funcionar nesses tempos difíceis. Todos os envolvidos lidaram com a situação com dignidade, e o advogado que usou o filtro foi incrivelmente fino. Profissionalismo de verdade”, concluiu.

Via The Guardian

Imagem: Pexels/Pixabay