NotíciasCirurgiões plásticos afirmam que chamadas no Zoom aumentaram seus negócios

Zirlene Lemos3 meses atrás6 min

Você por acaso já ouviu falar no Boom do Zoom? O popular aplicativo de videoconferência teve um… bem, boom em tempos de Covid-19. Este período afetou várias profissões, mas com certeza a de cirurgião plástico não foi uma delas.

O aumento no número de cirurgias plásticas vem lotando consultórios médicos em todo mundo e isso se deve, em parte, às constantes chamadas de vídeo do Zoom.

A verdade na telinha

Muitos pacientes relataram que por causa das reuniões virtuais, quase diárias e por passarem muitas horas na frente do aplicativo, perceberam  que o rosto estava com marcas de expressão e muito envelhecido.  Descontentes com o que viam no Zoom, seja pelo ângulo ruim de uma câmera frontal inclinada para cima em um laptop, ou ainda por uma iluminação desfavorável, a solução  foi recorrer a um cirurgião plástico e apelar para bisturis, injeções e preenchimentos.

Apesar da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos (ASPS) não ter estatísticas dos procedimentos realizados neste ano, é certo que o Zoom ajudou a alavancar a procura por um cirurgião plástico. Afinal não estávamos acostumados a nos ver enquanto conversávamos com outras pessoas, mas, ao utilizarmos o Zoom, isso mudou e passamos a prestar  mais atenção aos detalhes.

Espelho, espelho meu

Em entrevista ao Washington Post, o médico do Advanced Cosmetic Surgery & Laser Center, Jon Mendelsohn, confirmou que os preenchimentos injetáveis ​​com Botox aumentaram 90% em comparação com o mesmo período do ano passado. “Durante as consultas virtuais, 9 em cada 10 pessoas comentaram perceber imperfeições faciais ao usar o Zoom, por isso procuraram um cirurgião plástico”, disse.

Iva Marra da série Mães e Divas, da Netflix durante o efeito boom do Zoom também procurou um cirurgião plastico - Crédito: Divulgação
Iva Marra da série Mães e Divas, exibida pela Netflix aproveitou a pandemia para fazer plásticas – Crédito: Divulgação

E tem muita gente aproveitando a pandemia,  e o fato de não terem compromissos sociais devido ao distanciamento, para dar aquela “recauchutada no visual”. Um exemplo é Iva Marra, estrela do reality show australiano Yummy Mummies (Mães e Divas), exibido pela Netflix já em sua segunda temporada.

A atriz se prepara para realizar quatro procedimentos, incluindo lipoaspiração e lifting de pescoço.“Se estamos em casa, com os compromissos parcialmente suspensos, este é o momento perfeito para a recuperação”, disse Marra.

Segundo informações disponíveis no site da  ISAPS – Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética, os Estados Unidos ainda lideram o mercado de cirurgias plásticas no mundo, mas o segundo lugar fica com o Brasil. A pesquisa foi divulgada em dezembro de 2019. Para descobrir se mudamos de lugar no pódio, vamos ter que esperar a nova pesquisa ser divulgada no ano que vem.

Via Washington Post