Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O empreendedor norte-americano Mark Cuban vai lançar o app de áudio e podcasts Fireside, que promete facilitar transmitir ao vivo, gravar e monetizar conversas para criadores de conteúdo em áudio. O aplicativo também contará com ferramentas analíticas para que os podcasters (e criadores de conteúdo em áudio) saibam quais conteúdos chamam mais atenção.

Como diferencial para outros apps de áudio, aparentemente é a opção de gravar conversas nativamente, algo que outros aplicativos de áudio, como o Clubhouse, por exemplo, não oferecem. Dito isso, é claro que Cuban está de olho no sucesso recente desse app, e nada melhor para um grande investidor como ele do que oferecer uma opção similar para o mercado.

publicidade

Mark Cuban, que também é dono do time de basquete Dallas Mavericks, ficou famoso (e muito rico) em 1999, quando vendeu sua companhia de rádio por internet Broadcast.com para o Yahoo por US$ 5,7 bilhões.

“Próximo império de mídia”

O app de áudio Fireside é uma parceria entre Cuban e Falon Fatemi, cofundadora do serviço de atendimento ao cliente baseado em inteligência artificial Node. Segundo um e-mail para criadores, visto pelo The Verge, Fatemi dizia: “Hoje damos adeus para as limitações de plataformas de mídia atuais criadas por diálogos unilaterais, falta de interatividade e ferramentas analíticas inexistentes”.

Além disso, Fatemi também escreveu que o Fireside vai “empoderar criadores pelo que eles têm a dizer (não quão alto gritam), e vamos dar o alcance que as ideias deles precisam para transformar uma única conversa na semente do próximo império de mídia”. Uma fonte anônima da companhia disse que o Fireside está oferecendo acordos e maneiras de monetizar conteúdo para criadores de podcast estabelecidos escolhidos a dedo, e que o app deve ser lançado ainda este ano.

Em postagens de anúncios de vagas da companhia, agora deletadas, o Fireside afirmava que as redes sociais criaram “câmaras de eco antagônicas, com meios de comunicação que só promovem uma cultura de ultraje e modelos de negócio que incentivam a propagação de desinformação”. O app de Cuban, por outro lado, quer incentivar “discurso civilizado inteligente, experiências compartilhadas e relacionamentos virtuais genuínos”, e “promover impacto social significativo”.

publicidade

O mercado de plataformas de podcast é muito competitivo atualmente. Com gigantes da Big Tech, como Spotify, Apple, Amazon e Twitter,investindo pesado na área, o Fireside terá que trabalhar pesado para garantir seu lugar.

Imagem: Macb3t / Pixabay