Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Os podcasts têm conquistado cada vez mais adeptos em todo o mundo, por sua praticidade, variedade e entretenimento. Quem acabou de anunciar sua entrada neste ramo foi o Twitter, com a compra do app Breaker, focado em interação social.

O anúncio, feito no blog da Breaker, informa que o aplicativo ficará no ar até 15 de janeiro, quando darão início a uma nova experiência de áudio para os usuários, o Twitter Spaces. Segundo Tweet de Leah Culver, co-fundadora do Breaker, o Space é um novo recurso que oferece a criação de salas de bate-papo com outros usuários, por áudio e em tempo real. Os podcasts hospedados no Breaker deverão ser migrados para outro aplicativo especializado.

publicidade
Twiter Space

No dia 16 de dezembro, o Twitter deu início às postagens do Space no @TwitterSpaces. No dia seguinte, o time que cuida do recurso explicou que essa é “uma pequena experiência focada na intimidade da voz humana”.

Um pequeno grupo de pessoas foi convidado para testar o recurso em primeira mão e dar feedbacks para melhorias. A empresa não especificou quantos usuários foram escolhidos e nem de quais locais do mundo.

Com a compra do Breaker, o Twitter passa a adentrar o universo do áudio, incrementando ainda mais a interação e a comunicação entre os usuários. Lembrando que, em dezembro, a empresa anunciou a compra do Squad, empresa de videochamada e compartilhamento de telas.

Desde 2006, quando foi criado, o Twitter tem buscado cada vez mais recursos para estimular o uso da plataforma e provavelmente veremos novidades ao longo de todo o ano na rede social.

publicidade

O Breaker é um aplicativo no qual os usuários podem pesquisar, descobrir, gerenciar e assinar podcasts e que conta com uma rede social própria, na qual é possível seguir, curtir, comentar, compartilhar e interagir com outros usuários. O aplicativo foi fundado em 2017 nos Estados Unidos.

Via Breaker

Foto Andrea Piacquadio / Pexels / CC