Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A atualização da política de privacidade, termos e serviços do WhatsApp foi bastante promissora para o Telegram. O aplicativo anunciou a chegada de 25 milhões novos usuários ao aplicativo em apenas três dias.

Com essas novas contas, a rede social de bate-papo chega a mais de 500 milhões de usuários ativos e figura entre os dez aplicativos mais baixados do mundo. Apesar de ser um número expressivo para o Telegram, ainda é pouco se comparado ao WhatsApp, que tem mais de dois bilhões de contas espalhadas pelo mundo. É o app mais baixado no ranking da PlayStore e da AppleStore.

publicidade
Ao redor do mundo

Na semana passada, a divulgação de que as novas políticas do WhatsApp compartilhariam dados do usuário com o Facebook, empresa dona da rede social desde 2014. Isso deu o sinal para uma verdadeira corrida para novos aplicativos de bate-papo.

Signal e Telegram foram os que mais se beneficiaram com as novidades do WhatsApp. Os novos usuários do Telegram, por exemplo, migraram de diferentes partes do mundo:

  • 38% vêm da Ásia;
  • 27% da Europa;
  • 21% estão na América Latina;
  • 8% acessam do Oriente Médio e América do Norte.
O Telegram

O aplicativo foi lançado em agosto de 2013 e é um serviço de troca de mensagens baseado em nuvem. O Telegram permite a criação de grupos com número ilimitado de participantes, além de ter outras funcionalidades iguais às do WhatsApp, como chamada de vídeo, troca de fotos e de áudio etc.

A empresa também passou na frente da famosa concorrente em diferentes quesitos, como o uso de criptografia de ponta a ponta, a incorporação de adesivos e GIFs e ainda tem como vantagem a possibilidade de permitir a troca de mensagens sem que seja preciso adicionar o número da outra pessoa à agenda. Isso favorece a privacidade do usuário.

publicidade

E, o que todo mundo está atrás, não compartilha dados com o Facebook.

Via 91 mobiles e Twitter

Imagem Rakicevic Nenad/Pexels/CC