AndroidAplicativosAppleVocê sabia que ainda existe Netflix em DVD?

Zirlene Lemos3 meses atrás8 min

Acredite se quiser, mas ainda hoje em pleno século 21 o mercado de DVD nos EUA segue vivo. Alcança 10% dos consumidores e movimenta  mais de US$ 2 bilhões. segundo a Nash Information Services. Mais surpreendente ainda é imaginar que parte desse volume vem da Netflix. Porque esse era o negócio original da empresa, cujas atividades começaram nos idos de 1998 com o aluguel de DVD.

DVD Netflix enviados por serviço postal somente para assinantes que residem nos EUA

DVD da NetFlix

A Netflix ainda conta com cerca de 2,4 milhões de assinantes de DVD e Blu-ray. Para alguns, isso significaria dizer que a empresa se mantém na contramão da modernidade, que é justamente o oposto do que ela faz em seu serviço de streaming.

Opiniões à parte, o serviço segue ativo apenas nos Estados Unidos (nunca foi oferecido fora do país), entregando aos assinantes os discos via Fedex. Outra alternativa oferecida pela Netflix é um aplicativo móvel para gerenciar a fila de filmes escolhidos, disponível para Android e iOS. É por essas e outras que as assinaturas de DVD ainda são muito lucrativas para a Netflix.

Dos US$ 6,15 bilhões que a Netflix lucrou só no segundo trimestre deste ano (abril/junho), mais de US$ 46 milhões (R$ 248 milhões) são receita do envio dos DVDs. Esse valor não é muita coisa no grande esquema das coisas, mas ajuda a atender seus clientes mais antigos. Embora manter os discos físicos não seja nada barato, o serviço rende o suficiente para “se pagar” e dar lucro, por isso ainda continua ativo. Lá em 2006, quando o aluguel estava no auge, a empresa chegou a gastar US$ 300 milhões em um ano só com o envio dos discos.

O aplicativo DVD Netflix para Android e iOS dá acesso aos assinantes do DVD Netflix - Crédito da montagem: Zirlene Lemos

Mas quais são as vantagens de ser assinante de DVD?

Embora a maioria de nós possa contar com uma conexão rápida e ativa com a Internet ainda há muitas situações em que isso não é tão fácil como imaginamos, mesmo nos EUA. Acontece em comunidades rurais, mas não apenas. É quando assinar o DVD Netflix pode ser uma opção. Além disso, para cinéfilos, há a variedade da seleção de filmes e o tamanho da biblioteca. Embora o serviço de streaming da Netflix ofereça uma vasta coleção de filmes, documentários e programas (que atualmente tem encurtado bastante), sua permanência no ar depende de acordos que se movem às correntes do mercado. O conteúdo disponível nos DVDs é estável. Por conta de depender dos acordos, inclusive alguns lançamentos chegam primeiro no DVD – se um dia forem parar no streaming.

É particularmente o caso de filmes antigos e independentes, disponíveis apenas em DVD. Um dos exemplos é The Endless, a comédia Half Magice ou ainda o  clássico Planeta dos Macacos e a cinebiografia do artista Jean-Michel Basquiat.

Netflix o serviço é uma mão na roda pois praticamente não tem concorrência, depois que o próprio streaming extinguiu a Blockbuster e as locadoras de vila. É

Através dos seus canais de mídia social como Instagram e Twitter, o DVD Netflix regularmente oferece brindes. Além disso, a empresa também oferece um chat onde cinéfilos falam sobre cinema e isso estimula um senso de comunidade entre os participantes.

Outra vantagem, se podemos dizer assim, é quanto ao valor do plano. Existem duas opções. O serviço padrão de DVD da Netflix custa US $ 7,99 por mês (R$43). Este plano dá acesso a DVD´s ilimitados sendo que o usuário recebe um disco,  e só terá acesso ao seguinte quando devolver o primeiro. O serviço é sem taxas de atraso, frete e devoluções grátis. Já o plano premier custa US$ 11,99 (R$ 64) e dá direito a dois discos de cada vez entre outros benefícios do DVD Netflix. O preço sobe para US$ 9,99 (R$ 74) e US$ 14,99 (R$ 81) se o usuário quiser incluir discos Blu-ray no pacote. Os planos de Streaming nos EUA começam por US$ 13,00.

Via MakeUseOf

Imagem: Mati Mango/Pexels/CC