Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

O xCloud – serviço de jogos via streaming da Xbox Game Pass – pode chegar a App Store no futuro. A informação foi revelada por Phil Spencer, que disse que a Apple tem se mostrado receptiva ao serviço, mas que para que isto realmente aconteça faltam alguns ajustes entre as empresas.

O executivo é vice-presidente da divisão de jogos da Microsoft e chefe global da divisão Xbox, assim a declaração é bem significativa.

publicidade

Atualmente, o app xCloud não está disponível na App Store. Assim, os proprietários de iPhones e iPads precisam recorrer ao navegador dos dispositivos para jogar os títulos do Game Pass. O maior impasse estaria nas políticas de privacidade e vendas da App Store, que não permite o acesso a outras lojas dentro da sua plataforma.

Entrevista animadora

No entanto, de acordo com Spencer, esta situação pode mudar em breve. Durante uma entrevista ao podcast do portal The Verge, o executivo revelou que o relacionamento entre Xbox e Apple vai muito bem e que ambas as empresas desejam fornecer a experiência completa do xCloud aos usuários da App Store.

O chefe da divisão Xbox ainda disse que a Apple se mostrou aberta para encontrar soluções. Uma das alternativas propostas para garantir a privacidade dos usuários seria a de oferecer o Apple Arcade (o serviço de streaming de jogos da própria Apple) no aplicativo xCloud.

Spencer disse que apesar de não concordar, entende a perspectiva da Apple:“tenho certeza de que eles gostam de ter o Apple Arcade como única assinatura de conteúdo de jogos em seus telefones. Queremos acesso a dispositivos de computação em escala que acreditamos que deveriam ter acesso aberto aos serviços que os clientes desejam.”

publicidade

O executivo completou: “estamos dispostos a trabalhar com eles na segurança e em outras coisas que as pessoas inventaram. Operamos uma plataforma que leva segurança e proteção com muito cuidado”.

phil-spencer-xcloud-appstore

Executivo da Microsoft disse que Apple e Xbox buscam alternativas para trazer o serviço xCloud para dentro da App Store. Imagem: Casey Rodgers/Invision para Xbox

Não é justo comparar o mercado de smartphones com videogames

Quando questionado se a posição da Apple e Google em equiparar suas próprias lojas de aplicativos a serviços como a Xbox Live e a PSN parecia justa, o executivo respondeu que não, tendo em vista que a escala e finalidade dos principais dispositivos destas lojas são diferentes.

“Se eu conseguir colocar o Game Pass no iOS… se você apenas olhar a escala, há um bilhão de smartphones no planeta. Essas são plataformas de computação geral, enquanto um console realiza apenas uma função: jogar.”

Ele também comparou os dois modelos de negócio: nós vendemos consoles no prejuízo e ganhamos dinheiro em cima do conteúdo e serviços ofertados. O modelo é muito, muito diferente de algo na escala do Windows, iOS ou Android”, comentou.

Spencer ainda comentou que um console pode atingir 200 milhões de unidades vendidas ao longo toda uma geração, mas isso pode ser menos do que um ano de vendas de smartphones. É por isto que o acesso da serviços como a xCloud em outras plataformas como a Google Play e App Store importam, segundo o executivo.

xCloud no iOS, por enquanto, só no Safari

Enquanto Apple e Microsoft não aperfeiçoam os detalhes para esse possível acordo, os donos de iPhone que desejarem jogar pelo xCloud poderão acessá-lo através de um link para o site oficial, ou através de outro app que espelha o conteúdo do Xbox no iPhone.

O xCloud chegou ao Brasil em 18 de novembro e para acessá-lo é preciso fazer uma assinatura na Xbox Game Pass Ultimate.

Via The Verge.