Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Xiaomi ultrapassa Apple, e passa a ocupar o terceiro lugar no mundo em vendas de smartphones. A informação vem da IDC, empresa de análise e inteligência de mercado, publicada em seu relatório do terceiro trimestre de 2020. A sul-coreana Samsung conseguiu recuperar o primeiro lugar.

O estudo também revela que o trimestre testemunhou um declínio nas remessas de smartphones em 1,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Apesar da queda, o resultado ainda é melhor que o esperado, visto que a pandemia de Covid-19 prejudicou a produção em vários países por meses.

publicidade

Apesar do IDC ter previsto que poderia haver um declínio de cerca de 9 %, os números reais analisados são melhores do que o esperado.

Xiaomi ultrapassa Apple

Fonte: IDC

De acordo com o relatório da IDC, foram vendidos cerca de 353,6 milhões de smartphones no terceiro trimestre desse ano. A Samsung assume a pole position com uma participação de mercado de 22,7 por cento, com 80,4 milhões de unidades comercializadas nesse período. Em relação a 2019, esse resultado mostra um crescimento de 2,9%.

A Huawei ficou em segundo lugar, com vendas de 51,9 milhões de unidades, capturando cerca de 14,7% do mercado mundial. Mas, comparando com o mesmo período do ano passado, as remessas do gigante chinês diminuíram em massivos 22%. A causa dessa queda brutal pode ter relação com o boicote feito a Huawei pelo governo Trump, quando baniu a empresa do país por receio de espionagem. O motivo é que a empresa chinesa é líder em telecomunicações e está dominando o mercado de 5G atualmente.

Xiaomi avança e ultrapassa Apple

Enquanto um mercado chinês registrou queda, outro apresentou um crescimento tremendo. A Xiaomi ultrapassou a Apple para se tornar a terceira maior marca de smartphone do mundo, com uma participação de mercado de 13,1 por cento e 46,5 milhões de remessas.

publicidade

Isso mostra um crescimento de 42%, principalmente devido ao aumento da demanda por smartphones de baixo e médio desempenho, especialmente em países em desenvolvimento como a Índia.

A Apple e a Vivo (fabricante chinesa de celulares, não confundir com a operadora) ocupam a quarta e quinta posições com 11,8 por cento e 8,9 por cento de market share, respectivamente. Enquanto a Apple vendeu 41,6 milhões de unidades no terceiro trimestre de 2020, a empresa chinesa Vivo vendeu 31,5 milhões de unidades.

Via: Gizmochina