Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Qual celular comprar? Esta é uma pergunta que todo mundo já se fez em algum momento da vida. O mercado tem opções para todos os gostos: os que desejam exclusividade, aqueles que preferem custo x benefício, outros projetados para a melhor experiência fotográfica, ou modelos voltados para o básico.

Por isso, esta não é uma pergunta fácil de responder. Mas se você sabe que características procura, tudo se torna mais simples. Com este guia vamos esclarecer qual celular comprar de acordo com alguns filtros. É câmera que você precisa? Conectividade 5G é importante? Procura por um smartphone dobrável? Então acompanhe!

publicidade
Com a melhor câmera — iPhone 12 Pro Max e S21 Ultra 5G

iPhone 13 pode ter 1 TB de capacidade

Câmera hoje é algo essencial em um smartphone. Não é à toa que mesmo celulares de entrada chegam ao mercado com conjunto triplo ou quádruplo. Mas claro, as melhores lentes estão nos top de linha — sendo bem mais caros.

Então, qual celular comprar pensando exclusivamente na experiência fotográfica? O ranking do DxOMark tem enorme reputação para avaliar aparelhos neste requisito. E de todos já testados pela empresa, o que alcança a maior posição no raking — e está disponível no Brasil — é o iPhone 12 Pro Max.

Falamos do celular mais moderno e avançado da Apple. Seu preço no Brasil não é amigável: por volta de R$ 7,6 mil no varejo. O lado bom é que a experiência premium não é limitada ao desempenho de câmera. O flagship oferece um processador que compete como igual aos disponíveis para celulares flagship Android. E no guarda-chuva da Apple, é hoje a melhor configuração disponível ao consumidor.

publicidade

Se você prefere um Android, o primeiro smartphone do ranking que também é comercializado no Brasil é o Galaxy S20 Ultra 5G. Sim, ele pontuou melhor que o S21 Ultra 5G. Porém, seus preços são parecidos, e suas notas também. Ambos são super zoom com alcance híbrido de até 100x. Por isto, pode ser uma boa pedida optar pelo mais moderno, já encontrado na faixa dos R$ 6 mil.

Além de câmeras periscópica, ultra-wide e grande angular de 108 MP, ele também traz sensor de profundidade e o processador Exynos mais moderno da empresa — ao lado de 12 GB de RAM e conectividade 5G. Assim como o iPhone 12 Pro Max, é mais que um celular voltado para câmeras, oferecendo um conjunto totalmente premium.

Com a melhor bateria — Galaxy M62

Galaxy M62, nas cores preta, verde e azul; mostrado de trás, de lado e de frente

O Samsung Galaxy M51 se destacou quando foi lançado pela sua bateria de 7000 mAh. Porém, o M62 chegou com a mesma capacidade oferecendo um conjunto de hardware mais moderno. Sua taxa de atualização de 60Hz também ajuda este tanque a durar muito. E há carregamento rápido de até 25W.

A tela AMOLED também é mais eficiente energeticamente que uma LCD, e o celular tem quatro lentes na sua traseira para uma experiência fotográfica flexível. Para rodar apps, há confortáveis 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno. O processador é o mesmo do Galaxy Note 10, e no geral, o usuário pode esperar uma autonomia louvável ao lado de performance bem equilibrada.

Com a melhor performance — linha iPhone 12 e Mi 11

Não faltam celulares flagship no Brasil, então qual celular comprar pensando em desempenho? A resposta é: depende do sistema operacional que você deseja. No Android, a melhor solução é o Snapdragon 888 Plus — mas nenhum celular com o chip foi lançado por aqui — até agora. Então a melhor opção é o 888 regular. Para iOS, algum com o chip Apple A15 Bionic — ou seja, algum iPhone 12.

Imagem frente e verso do Mi 11, flagship lançado no Brasil

Começando pelo mercado Android, a única opção disponível em território nacional com Snapdragon 888 é o Mi 11 que chegou custando R$ 10 mil. Ele tem muitas outras qualidades, como uma tela de 120Hz e 8 GB de RAM — além de câmeras poderosas. Tudo isso ajuda a rodar jogos bem pesados e aproveitar a fluidez de movimentos principalmente em jogos FPS, por exemplo.

Vale uma menção honrosa para a linha Galaxy S21, já que o Exynos 2100 equipado neles é constantemente comparado ao Snapdragon 888. Tanto é que em mercados como o norte-americano os modelos são equipados justamente com o chip da Qualcomm.

Com melhor custo x benefício — Galaxy S20 FE

Diversas cores do Samsung S20 FE 4G

Qual celular comprar pensando em um bom equilíbrio de preço e recursos? A resposta poderá variar de acordo com os valores encontrados no mercado durante a sua pesquisa. Mas seguramente uma das opções é o Galaxy S20 FE.

O modelo foi relançado no Brasil, desta vez com o processador Snapdragon 865. As Fan Edition buscam oferecer algumas características importantes do flagship no qual se espelham. Por isto há aqui taxa de atualização de 120Hz, câmera de zoom, cuidados com design, e um longo suporte de software.

O Galaxy S20 FE já pode ser encontrado por cerca de R$ 2,1 mil. Neste preço, são raras as oportunidades de compra de um flagship — mesmo que um pouco mais simples. Neste patamar de preço é comum encontrar intermediários. Mas mesmo que alguns tenham diferenciais realmente interessantes — como 8 GB de RAM e carregamento rápido de 67W — ainda falamos de smartphones intermediários.

Com 5G

Se você procura o 5G mais barato do mercado, o pódio costuma variar entre os Moto G 5G, Realme 7 5G, e Galaxy A32 5G. Todos eles circulam entre os R$ 1,8 mil e R$ 2,1 mil. O que possui o hardware mais avançado é o da Realme, que traz tela LCD de 120Hz e 8 GB de RAM.

Se está em busca de um celular mais avançado para comprar, a realidade é que muitos modelos no Brasil já trazem esta categoria de conectividade. Alguns que já passaram por este guia, como os iPhone 12 Pro Max e Mi 11, são alguns exemplos.

Temos um artigo detalhado com diversos smartphones 5G já distribuídos no país.

Melhor dobrável — Galaxy Z Fold 2

O smartphone dobrável da Samsung Galaxy Z Fold 2

Enquanto o Galaxy Z Fold 3 não chega ao Brasil, o melhor celular para comprar neste nicho é o Galaxy Z Fold 2. Por enquanto a Samsung disputa, aqui, sozinha o mercado de flexíveis que se desdobram para aumentar de tamanho. Mas cobra alto por isso: lançado a R$ 14 mil, o aparelho surge na faixa dos R$ 10 mil em algumas promoções.

Para compensar, o hardware é todo premium: temos telas AMOLED com altas taxas de atualização, conjunto avançado de câmeras, carregamento rápido, 12 GB de RAM e 256 GB de espaço interno. Vale aqui a mesma política de atualizações da Samsung para seus dispositivos mais avançados: três anos de suporte de software, e quatro para pacotes de atualização

Melhor dobrável compacto — Galaxy Z Flip

Imagem mostra renderização do Galaxy Z Flip, que chegará junto com o Z Fold 3 com velocidade de carregamento baixa

Qual celular estilo flip comprar? No Brasil temos dois modelos com estas características: os Z Flip e Razr da Motorola — enquanto o Z Flip 3 não chega. E poucas vezes foi tão fácil decretar um vencedor em uma disputa de hardware.

Ambos já podem ser encontrados na faixa dos R$ 4 mil, mas o modelo da Samsung se destaca bem mais por uma tecnologia de vidro ultrafino no display, câmeras (dupla contra única), memória (8 GB x 6 GB), bateria (3300 mAh x 2510 mAh), armazenamento (256 GB x 128 GB) e processador (Snapdragon 865 x Snapdragon 710) melhores. Basicamente o da Motorola é um intermediário, e o da sul-coreana um flagship.

Vale lembrar, preços podem variar conforme a época. Saber o que você busca talvez seja mais importante do que simplesmente se limitar a uma faixa de preço — se financeiramente possível.

Imagem: Suwaree Tangbovornpichet/iStock