Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A plataforma DxOMark, reconhecida por seus testes em câmeras de celulares, expandiu a área para outros segmentos. Como as baterias. De acordo com seus testes, o grande campeão no quesito foi o Galaxy M51, superando o flagship S21, também da Samsung, o iPhone 12 Pro Max e todos os outros rivais.

O Galaxy M51 somou 88 pontos, contra 78 do iPhone 12 Pro Max, 70 do Galaxy S21 Ultra (com Snapdragon 888) e 57 do mesmo flagship, mas equipado com o chipset Exynos 2100, da própria Samsung. A plataforma submeteu os celulares a testes variados para definir qual deles apresentava o melhor desempenho de bateria e, ao final da batalha, classificou o Galalxy M51, e sua bateria de 7000 mAh, como “monstro de autonomia”.

publicidade
Os testes

De acordo com o DxOMark, os testes realizados pela plataforma “utilizam metodologias científicas, uma gaiola de faraday e um robô de toque para permanecer o mais objetivo possível”. O Galaxy M51 e os demais celulares foram submetidos a várias situações comuns de uso, como chamadas em rede 3G, streaming de música e vídeo online (em redes Wi-Fi), reprodução de vídeos offline e jogos.

Imagem mostra resultado dos testes que apontaram o Galaxy M51 como o melhor dos celulares no quesito bateria

Reprodução/DxOMark

O que diz acima: 3 dias e 1 hora de bateria, 1h23 para 80% de carregamento, 2h23 para 100%. A definição sobre qual bateria era a melhor entre todos os celulares do teste passou por provas como velocidade de carregamento e dezenas de testes de carga e descarga. O processo todo levou 6,5 dias para ser concluído e incluiu mais de 70 sub testes, segundo o pessoal do DxOMark. No fim, ele bateu ainda outros rivais conceituados, como o Huawei P40 Lite e o Motorola Moto G9 Power.

“A enorme bateria de 7000 mAh do Samsung Galaxy M51 deu a ele uma vantagem inegável sobre o Motorola Moto G9 Power e o Huawei P40 Lite em nossos testes de autonomia, com o Galaxy M51 funcionando por quatro noites inteiras e três dias inteiros, em um total de 80 horas e 40 minutos”, decretou o DxOMark.

Segundo o pessoal do site de testes, no total, o Galaxy M51 aguentou 3 dias e uma hora sem precisar recorrer a uma tomada. Quando foi conectado, demorou 2h25 para completar a carga total, e 1h23 para chegar do zero ao 80% de bateria. Por outro lado, o Moto G9 Power, com sua bateria de 6000 mAh, se segurou por 67 horas, enquanto o Huawei e sua bateria muito menor, de 4200 mAh, aguentou 56 horas direto.

publicidade

Via Sam Mobile

Imagem: Mudasar lqbal/Pixabay/CC