Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Uma nova aplicação de patentes da Apple revela que a empresa está desenvolvendo tecnologia de detecção e selecionamento de texto com um piscar de olhos em dispositivos visuais (como iPhones e iPads). O registro, nomeado “Selecting a Text Input Field using Eye Gaze” (“Selecionando Um Campo de Inserção de Texto com os Olhos”, em tradução livre), foi aplicado no final de abril deste ano, e aprovado recentemente pelo escritório de patentes dos Estados Unidos.

A pesquisa aponta que um acessório observaria o movimento ocular para permitir que páginas de websites, arquivos de texto e até campos para digitação sejam selecionados. Segundo a descrição, o mecanismo poderá ser aplicado tanto em “interfaces convencionais”, como notebooks, computadores, iPhones e iPads, quanto dispositivos independentes, como óculos de Realidade Virtual, Aumentada ou Mista.

publicidade

No entanto, a patente da Apple explica duas aplicações distintas para a detecção de textos com piscar de olhos em dispositivos como iPhones ou iPads. Em periféricos como o Apple Glass, os sensores do headset ficariam próximos aos olhos. Ao procurar o centro da pupila e da rotação ocular, o dispositivo cruzaria o olhar e o objeto de interesse na tela, e assim, determinaria a posição.

Já nas gerações futuras de iPhones e iPads, o sensor ficaria na parte frontal — e se adaptaria para uma leitura mais distante. Os leitores oculares avaliariam a posição num modo chamado “ray casting”, projetando o ponto de interesse “conforme os eixos dos olhos esquerdo e direito, respectivamente”, explica a patente.

Função funcionará após “olhar fixo” por tempo indeterminado

Por fim, a patente mostra que será necessário a sustentação de um olhar fixo por um tempo ainda não determinado antes que a mecânica se ative. Tudo indica que a detecção funcionará de maneira fluída quando o usuário estiver concentrado. No entanto, se a seleção visual demorar demais, talvez os mais apressados ainda prefiram clicar ou tocar na tela.

Não há previsão para a estreia da mecânica da Apple de seleção ao piscar os olhos, nem a especificação de algum dispositivo como um futuro iPhone que vá contar com o recurso. Porém, como o recurso é a cara do Apple Glass, é difícil imaginar que nós vejamos a seleção automática antes de 2022.

publicidade

Via AppleInsider