Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Após mandar ao mercado novos modelos de headsets VR e, também, anunciar sem muito alarde um smartphone básico no primeiro trimestre, a HTC está se preparando para o lançamento do tablet Android A100. As primeiras informações foram vazadas nesta quarta-feira (04/08) pelo leaker Abhishek Yadav, e indicam que o dispositivo será bem básico.

De acordo com o insider, as principais atrações do tablet HTC A100 serão a boa bateria, de 7000 mAh, e o preço. A ideia da marca, segundo Yadav, é cobrar US$ 200 pelo tablet Android (R$ 1.043, na conversão direta pela cotação atual), preço bastante interessante para quem busca por um dispositivo sem muita potência.

publicidade

As especificações vazadas indicam que ele terá um processador Unisec Tiger (antigo Spreadtrum) T618 sob o capô, acompanhado de 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno, que poderá ser dobrado via cartão microSD. O chip escolhido é encontrado principalmente em dispositivos de entrada, como o iPlay 40 da Alldocube, exclusivo do mercado da China.

Câmera dupla

Imagem mostra o A100, tablet Android baratinho que a HTC deve lançar em pouco tempo

Além do processador modesto, o tablet A100 foi preparado pela HTC com duas câmeras traseiras. A principal oferecerá 13 megapixels de resolução, enquanto a secundária trabalhará, no máximo, com 2 megapixels. As imagens captadas serão exibidas na tela de 10,1 polegadas, conforme as especificações vazadas no Google Play Console.

A promessa da marca é que o futuro tablet saia rodando o Android 11 e suporte uma atualização de sistema operacional para o Android 12. Se a ideia for comprar um tablet sem gastar muito, para realizar as tarefas básicas do dia a dia (navegar na internet, por exemplo) e, de vez em quando, fazer aquela fotinho sem grandes pretensões, o HTC A100 poderá dar conta do recado.

Se a sua ideia é ter em mãos um aparelho mais poderoso, no entanto, talvez valha à pena dar uma segurada. Afinal, para quem não se lembra, a Xiaomi também está preparando uma série de lançamentos para comemorar os 10 anos da marca, e pode ser que eles também pintem aqui no Brasil em um futuro próximo, como acontece com os principais celulares da fabricante chinesa.

Via Phone Arena