Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Se depender da Amazon os pais podem não ter mais que se preocupar se suas crianças estão indo para a casa. A empresa está desenvolvendo um equipamento voltado ao público infantil, que teria um localizador GPS embutido além de outras funções.

De acordo com a Bloomberg, o dispositivo poderia ter forma de pulseira ou chaveiro, como as AirTags da rival Apple, e seria voltado para crianças de 4 a 12 anos. Além disso, os localizadores seriam compatíveis com outros recursos da Amazon como a assistente Alexa. O gadget ainda permitiria que os pais se comunicassem com os filhos.

publicidade

De acordo com a reportagem, o produto esteve em desenvolvimento em 2019 e 2020, mas não há mais informações sobre seu estágio atual. Lembrando que a Amazon já teve problemas com leis de privacidade por produtos como as caixas de som smart Echo, por exemplo, que podem conseguir captar o som do ambiente. Por conta disso, a empresa estaria tomando muito cuidado com as informações sobre o novo dispositivo.

Amazon e o mercado infantil

A ideia é de que ele tenha acesso à internet e seja compatível com conteúdos do Amazon Kids+, que oferece livros, séries e filmes infantis através de uma assinatura, sendo tudo compatível com os produtos da Amazon, incluindo o s monitores Echo Show.

Em relação ao preço, a matéria diz que a pulseira de codinome Seeker pode custar algo na faixa de US$ 100 (cerca de R$ 500 em conversão direta). Além do equipamento, a Amazon pode ainda lançar outros produtos para crianças, que interajam com ele, incluindo um microfone de karaokê.

Ainda de acordo com a Bloomberg, a Magic Band, pulseiras lançadas pela Disney para seus hóspedes em parques e hotéis, teria sido produzida em parceira com a Amazon. Esse equipamentos são mais simples do que o Seeker promete ser, custando U$ 12 e servindo como cartões de entrada para os quartos e outras áreas dos parques, mas são voltadas principalmente para o público infantil.

publicidade

Inicialmente, o projeto estava previsto para esse ano, mas como não há novas informações sobre seu estágio de desenvolvimento, não dá para saber se existe uma nova previsão para a chegada das AirTags para crianças.

Via Bloomberg

Imagem: Coscaron/iStock