Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Apple lançou ontem (03/06) uma nova atualização para os seus rastreadores digitais, fazendo com que as AirTags perdidas emitam um som de maneira mais frequente do que antes. Segundo a empresa, a mudança serve para impedir que elas sejam usadas para rastrear ou seguir alguém sem devido consentimento, já que elas são localizadas pelo som. Assim, o objetivo dessa atualização é inibir a ação de stalkers.

Antes, as AirTags perdidas tocavam som automaticamente a cada três dias. Agora, contudo, a frequência entre um sinal sonoro e outro pode variar de oito a 24 horas. Caso alguém se depare com os rastreadores perdidos nos seus pertences, a pessoa pode facilmente desativá-los com um iPhone ou qualquer outro dispositivo com NFC. E não precisa fazer nada para receber a atualização: as AirTags serão atualizadas automaticamente ao se aproximarem do iPhone.

publicidade

O smartphone da Apple, aliás, já possuía uma medida de segurança semelhante. Caso as AirTags fossem detectadas próximas ao usuário pelo smartphone, por exemplo, se fossem colocadas sem consentimento em uma mala de viagem, uma notificação emitia um alerta indicando a situação. A nova adição de alertas sonoros, então, é certamente uma garantia de maior segurança.

Apple não pretende deixar celulares Android de fora

Mas os usuários de Android também não precisam se preocupar, pelo menos não por muito tempo, visto que a Apple afirmou, além disso, estar trabalhando em um app voltado justamente aos celulares Android. Embora não tenha mencionado nenhuma data específica, a empresa declarou que o aplicativo será lançado ainda este ano. Seu funcionamento, aparentemente, será semelhante ao sistema de notificações do iPhone. Ele conseguirá detectar tanto AirTags quanto qualquer outro dispositivo com Find My.

Antes disso, o máximo que um celular Android poderia fazer com as AirTags era, caso encontrasse alguma perdida por aí, ter acesso a informações para devolvê-la ao dono. Essa relativa incompatibilidade de qualquer dispositivo que não seja da Apple com as AirTags, aliás, foi motivo de decepção quando elas foram lançadas. Felizmente, tudo indica de que seja uma questão de tempo até que essas limitações sejam superadas.

Via TechRadar e CNET

publicidade