Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Na pandemia, os apps de videochamadas tomaram conta do mercado. Zoom, Microsoft Teams, e Google Meet são apenas alguns exemplos. Um recurso bastante explorado foi a de substituição ou o desfoque de fundos — a fim de se quebrar a monotonia. Mas no iOS isso é mais difícil, por mais que a Apple prometa melhorar o acesso de câmera a apps de terceiros.

Com o iOS 15, será possível que ferramentas fora da suíte da empresa consigam desfocar o fundo do iPhone — a partir dos modelos XS e XR. Mas parece que o Google Meet conseguiu essa façanha um pouco antes — e para um número maior de dispositivos da marca. A versão mais recente do Google Meet já está permitindo o desfoque de fundo de vídeo em qualquer iPhone a partir do 8 — portanto que o modelo esteja no iOS 12 ou superior.

publicidade

Disponível há muito mais tempo no Android, a função permite que o usuário “suma” com tudo que não seja ele mesmo no vídeo. A função pode ser usada apenas com o desfoque, ou então combinada com uma imagem pré-selecionada que substitui todo o cômodo enquadrado.

Recursos exclusivo no iOS

Disponível há bem mais tempo no Android, o desfoque de fundo do Google Meet chega atrasado ao iOS — mas com uma característica exclusiva: é possível acessar a galeria para utilizar qualquer outro arquivo de imagem. Para começar a usar a função, é necessário mexer nas configurações, já que por padrão ela chega desativada. Basta acessar o menu de reuniões e clicar em “Efeitos”. São quatro: desfoque suave, desfoque, adicionar fundo, ou padrão — este com imagens do aplicativo.

Vale observar que o desfoque de fundo do Google Meet no iOS também alcança o iPhone SE 2020 — assim como os iPad 5 e posteriores. Já o Facetime, ferramenta oficial de chamada de vídeo da Apple, está dando os primeiros passos para chegar ao Android e Windows.

Via Neowin

publicidade