Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Cerca de 500 cidadãos sul-coreanos estão processando as principais operadoras de telefonia da Coreia do Sul (SK Telecom, KT e LG Uplus) por falhas na entrega e no funcionamento dos serviços 5G oferecidos por elas na Coreia do Sul. De acordo com os autores da ação, embora a conectividade 5G esteja avançada em todo o território nacional, o serviço fornecido ainda está longe do prometido pelas empresas.

De acordo com a agência de notícias Yonhap News da Coreia do Sul, o processo tem como objetivo a indenização dos clientes por parte das operadoras por não fornecerem a velocidade contratada. Segundo o advogado da ação, as operadoras prometem que a taxa do download em redes 5G é em média 20 vezes superior às redes 4G LTE, mas ficou constatado que a velocidade apresentada pelos planos contratados é apenas quatro vezes superior aos planos 4G. Para exemplificar estes dados, os advogados apresentaram um relatório de monitoramento da velocidade de conexão dos clientes.

publicidade
Propaganda enganosa ou má-fé dos usuários?

O processo dos coreanos contra as operadoras de 5G abre uma discussão no campo jurídico das telecomunicações sobre como as empresas devem divulgar as velocidades de conexão ofertadas ao público. Na teoria, as conexões 5G podem sim atingir taxas de download 20 vezes mais rápidas que as redes 4G. Este índice, no entanto, dependeria de uma série de fatores externos como a proximidade dos dispositivos com as antenas das operadoras, fatores do clima na perda de latência das ondas de transmissão, entre outros.

A LG Uplus é uma das operadoras que mais conquistou êxito nestas conexões, inclusive, realizando testes de capacidade de banda em estádios lotados e aeroportos da Coreia do Sul. No entanto, na prática, o que se sabe é que em condições normais, com um usuário utilizando o smartphone em grandes centros urbanos, fatores externos vão interferir no sinal para que a conexão obtida seja de fato menor que a capacidade máxima das redes 5G.

Apesar dessa falha na comunicação e do processo  contra os planos das operadoras, no geral, os coreanos são referência internacional na prestação de serviços 5G. Em um relatório recente, publicado pela RootMetrics, ficou constatado que as operadoras processadas alcançaram um índice de velocidade média de download de mais de 430 Mbps (chegando até 700 Mbps no caso da LG) em quatro das principais cidades do país. O número está longe de ser vinte vezes maior que a capacidade máxima de transmissão de uma rede 4G (que é de 1 Gbps), mas impressiona, principalmente quando comparado a velocidade média de download de redes móveis como o Brasil, onde a taxa de download 4G fica em torno dos 15 Mbps.

O relatório também indica que cerca de 92% dos usuários de smartphones da capital Seul já possuem planos 5G.

publicidade

Via Android Authority

Imagem: Georgijevic/iStock