Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Ao lado de novos recursos de funcionalidade, desenvolvedoras também podem aprimorar recursos de privacidade. A Apple, a cada atualização do iOS, traz novidades neste sentido. E o Google decidiu implementar no Chrome, para iPhones e iPads, uma ferramenta que protege guias anônimas com o Touch ou Face ID.

Ela já vinha sendo testada em fase beta (para quem participa do programa de testes via Testflight), mas agora está “disponível” para todos os usuários. O uso das aspas se deve porque, apesar de estar liberada para interessados, a função exige sua ativação nas entranhas mais profundas do navegador. Usar o Touch ou Face ID para desbloquear guias anônimas no Chrome envolve o seguinte procedimento:

publicidade
  • Digite “chrome://flags” na barra de endereço
  • Vá até “Experimentos”
  • Procure por “Autenticação de dispositivo para anonimato” ou por opção similar
  • Mude de “Padrão” para “Ativado”
  • Reinicie o Google Chrome, vá até Configurações > Privacidade > Ativar bloqueio para guias anônimas

Captura de tela mostrando o desbloqueio com Face ID das guias anônimas do Google Chrome

E pronto. Feito isso, toda guia anônima do Google Chrome, no iOS, exigirá desbloqueio pelo Touch ou Face ID. É bastante provável que em atualização futura não seja mais necessário percorrer este caminho todo, sendo possível alterar a opção apenas pelo menu do navegador. As chamadas “flags” convidam o usuário a ativar recursos experimentais, mas curiosamente, neste caso, não é exigido o uso de uma versão de testes do software.

Vale lembrar, outra melhoria promovida pelo Google Chrome para iPhones e iPads envolveu a adição de três novos widgets do navegador para a área de trabalho. Recentemente o ecossistema da Apple começou a explorar a possibilidade dessas interfaces dinâmicas, que estão sendo aprimoradas com o iPadOS 15.

Via Phone Arena

publicidade

Imagem: EnDyk/iStock