Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Depois de desenvolver o Air Charge, que carrega dispositivos por rádio, à distância, a Xiaomi quer provar carregar um celular pelo som. O registro no site da CNIPA (Administração Nacional de Propriedade Intelectual da China) revelou um projeto que, se viabilizado, poderá revolucionar o segmento. A ideia descrita na patente consiste em “um dispositivo de coleta de som, uma pluralidade de dispositivos de conversão de energia e um dispositivo de conversão de energia para convertê-lo de vibração ambiental em mecânica”. Ou seja: a criação de um sistema que permita ao usuário carregar seu celular pelo som.

Isso seria possível porque o dispositivo eletrônico transformaria essa vibração mecânica em uma corrente alternada (CA), que seria convertida em corrente contínua (CC) usando o dispositivo de conversão de energia. A ideia, portanto, é eliminar a necessidade de procurar desesperadamente por uma tomada toda vez que o smartphone (tablet ou outro dispositivo) estivesse em vias de ficar descarregado.

publicidade

Imagem mostra como funcionaria o revolucionário carregamento da Xiaomi por meio do som

Além do Xiaomi Sound Charging

Batizado de Xiaomi Sound Charging, o possível futuro sistema desenvolvido para carregar celular pelo som é mais uma aposta da marca chinesa em um campo que não para de crescer. Além do já citado Air Charge (que visa ao carregamento pelo ar), a empresa também desenvolveu um carregador mais “tradicional”, mas com potência de 200W.

Como todas as outras citadas, esta também está em campo experimental, e corre o risco de ficar somente no papel. Informações recentes adiantaram que o governo da China está pretendendo limitar o carregamento wireless para smartphones em, no máximo, 50W. Resta saber se a limitação também afetará o sistema de carregar o celular por meio do som, caso ele realmente se torne realidade.

Via GizChina

publicidade

Imagem: Vlad Bagacian/Pexels/CC