Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O Facebook planeja lançar sua ferramenta de podcasts já na próxima terça-feira (22/06), segundo informações do site The Verge. Com o novo recurso, a plataforma também terá uma função que permitirá aos ouvintes criarem clipes de áudio dos seus podcasts favoritos.

De acordo com as informações do Verge, o Facebook vem comunicando a novidade por email para proprietários de páginas de podcasts. A integração à plataforma funcionará por meio de um feed RSS que vai gerar automaticamente publicações no feed de notícias toda vez que um episódio for ao ar. Esses ficarão disponíveis em uma guia de podcasts que ainda não está online — o Facebook chegou a mostrar detalhes visuais do recurso em um anúncio divulgado em abril passado.

publicidade

“O Facebook será o lugar onde as pessoas poderão discutir, curtir e compartilhar os podcasts que amam umas com as outras”, diz o email enviado pela companhia a um limitado número de podcasters.

Imagem Facebook podcasts

Anúncio em abril mostrou como vai funcionar a guia de podcasts no perfil da página (Facebook/Divulgação)

Clipes de áudio e direitos autorais

Como citamos, o Facebook Podcasts também terá um recurso no qual os ouvintes poderão criar clipes de áudio dos programas de até um minuto e compartilhar fora da página original. De acordo com a empresa, tal função ajudaria a engajar “visibilidade e envolvimento” para o programa. Caberá ao criador de conteúdo, no entanto, decidir pela habilitação ou não da ferramenta.

O acordo de direitos autorais com a plataforma já está disponível online. Não esclarece, porém, o que o Facebook pode fazer exatamente com os podcasts distribuídos em seu ambiente. Isto é, a partir do termo, você, por exemplo, concede à empresa os direitos de produzir “trabalhos derivados” do seu programa. Em nenhum trecho, os detalhes sobre a operação são esclarecidos por total.

O Facebook entrou com os dois pés na porta na indústria de áudio para redes sociais. Além dos podcasts, a empresa anunciou recentemente a criação do Hotline, uma plataforma de salas de bate-papo por áudio com grandes semelhanças ao Clubhouse, e do Soundbites, uma espécie de “story sonoro”, em que os usuários poderão compartilhar pequenos trechos de áudio em seus perfis.

publicidade

Via Pocketnow

Imagem: Malte Helmhold/Unsplash/CC