Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O Google Mensagens (ou Messages), o app de SMS e troca de mensagens padrão do Android, vai permitir os usuários favoritar fotos e outros conteúdos enviados anteriormente nas conversas. A função, que não é exatamente novidade no WhatsApp e em outros mensageiros, está chegando ao aplicativo em uma atualização paralela, e deverá estar disponível para todos nas próximas semanas.

Agora, assim que o usuário favoritar a mensagem, a mesma aparecerá no topo da tela principal do app, no campo “Com estrela” — tal como os favoritos no Google Drive. No caso deste aplicativo, o filtro de mensagens estará disponível na parte superior da interface, junto aos campos Imagens, Vídeos, Locais e Links.

publicidade

A opção de favoritar mensagens foi anunciada com o conjunto de atualizações de verão do Google Mensagens, e para ativá-la, os usuários precisam segurar o conteúdo a ser destacado. O mensageiro mostrará uma novo ícone de estrela, que ficará no canto superior direito do aplicativo, junto às funções de apagar e copiar mensagem.

As mensagens favoritadas aparecerão marcadas com contorno azul, e também serão sinalizadas com pequenos pontos na barra de rolagem das conversas.

Na lanterna da disputa pelas mensagens

Mesmo com o recurso de favoritar mensagens entrando agora, o Google Mensagens parece que tem dificuldade em se livrar da pecha de bloatware necessário do Android. Em tempos de mudanças nas políticas do WhatsApp, o aplicativo aparece com cada vez mais novos recursos de mensagem, como programar mensagens e criptografia de ponta a ponta, mas a estrada para a popularidade ainda é longa.

A mudança, na verdade, não é nova. O app revigorou seu arsenal de comunicação desde 2019, quando passou a enviar RCS (rich message service) e mensagens via rede, e hoje aposta na sua integração com o pacote Google como, por exemplo, criando eventos a partir de conversas.

publicidade

Via 9to5Google

Imagem: Andrés Rodríguez/Pixabay