Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Muitas coisas que achamos que vêm já fixas da fábrica na verdade podem ser modificadas por atualização de software. Câmeras, refrigeração, velocidade, carregamento: tudo pode ser influenciado por software. E a Samsung é bem famosa por, após lançar um top de linha, ir liberando updates para flagships mais antigos receberem algumas das novas funções, por exemplo. Mas nem sempre esses patches são liberados como o esperado, por isso usuários enfrentam um problema de atraso na câmera da linha Galaxy S21.

Os primeiros a notarem isso observaram o problema surgir em maio. Curiosamente, na semana passada, houve a distribuição de um grande update para o S21. Agora, basicamente o celular, ao alternar entre os níveis de zoom, sofre atrasos consideráveis no app de câmera do Galaxy S21, que fazem o usuário perder até três segundos nessa transição de lentes. Mesmo que o S21 Ultra seja o modelo com lente periscópica, vale lembrar que mesmo o S21 e S21 Plus também contam com zoom híbrido que saiu prejudicado por mudanças falhas no software desde a última atualização.

publicidade

Se por um lado é frustrante comprar um flagship e enfrentar problemas comuns apenas a aparelhos com hardware limitado, por outro a Samsung já está ciente da falha e trabalhando para corrigi-la. A informação vem do fórum oficial da marca na Coreia do Sul. Por lá, um moderador confirmou que a fabricante pretende disponibilizar a correção com o patch de segurança de junho. O problema — segundo a Samsung — envolveu a falta de direcionamento de recursos, como memória e processamento, aos serviços de câmera, o que fez o app funcionar de forma atípica, atrasando funções.

Como ela vem tendo um bom histórico de atualizações rápidas, é possível que nos próximos dias a companhia já distribua o update — ou por razões técnicas, o segure para a liberação apenas com a correção do problema um tanto crítico. Como é comum, alguns países recebem atualizações antes de outros, até como forma da companhia acompanhar de forma controlada se há algum novo comportamento atípico com o patch inédito.

Via Sam Mobile

 

publicidade