Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Quem gosta de ficar sem bateria no celular, e ter que se esforçar para encontrar uma tomada? Ninguém. Com os aparelhos cada vez mais finos, principalmente em dispositivos premium, a autonomia de alguns smartphones pode deixar os consumidores decepcionados. Algo fundamental é a tecnologia de carregamento rápido, que permite que em poucos minutos na tomada sejam suficientes para várias horas de uso dos aparelhos.

Só para citar um exemplo incrível, a Xiaomi mostrou hoje um carregador de 200W capaz de carregar 100% da bateria de um smartphone Mi 11 adaptado (com bateria de 4000 mAh ao invés de 5000 mAh) em apenas 8 minutos. O carregador ainda não foi lançado comercialmente, e está bem distante da nossa realidade, mas serve para mostrar como essa tecnologia tem evoluído.

publicidade

Nesse post, trazemos uma lista com os modelos que carregam mais rápido, e que por isso menos vão dar dores de cabeça nesse sentido.

Chinesas são boas de briga

O mercado chinês é o que mais se destaca nesse sentido, já implementando velocidades altas de carregamento rápido mesmo em intermediários. Aliás, falando em Brasil, no país o modelo que mais recarrega agilmente é um chinês. São a Realme, a já citada Xiaomi, e a Huawei que ajudam a engordar esta lista — que claro, também traz modelos de marcas mais estabelecidas nacionalmente, como Samsung e Asus.

Começando em ordem decrescente, o que não torna estes modelos produtos inferiores, temos intermediários. Assim, isto significa um acesso mais “democrático” do consumidor a produtos com esta característica. E eles acabaram de chegar ao Brasil.

Redmi Note 10

Todo celular da linha Redmi Note 10 conta com carregamento rápido de 33W — e o melhor — este acessório vem na caixa. Nesse sentido, falamos de intermediários que se distinguem por características de câmera, com o modelo Pro sendo melhor.  Em tempos em que mesmo carregadores simples não vêm na caixa, esta pode ser uma boa opção para quem não exige o melhor hardware do mercado.

publicidade

Segundo a Xiaomi, o Redmi Note 10 leva apenas 25 minutos para carregar 50% da bateria; o 10S leva 30 minutos para alcançar 54%; e o Pro vai a 59% em meia-hora. Ainda assim são os números divulgados pela marca, e que acabam variando apesar da bateria similar dado o processador utilizado em cada um deles

Poco X3 e F3

Outros que acabaram de chegar ao país e já entram na lista são os Poco X3 Pro e F3, ao lado do mais antigo Poco X3. Todos contam também com 33W de carregamento rápido, com acessório incluso. Aliás, no X3, a Xiaomi promete que o celular chega a 62% em 30 minutos;  no X3 Pro, em 59% no mesmo tempo. E no F3, 100% em 52 minutos.

Mi 10T e 10T Pro

Estes são os últimos modelos da chinesa, no Brasil, a se destacarem pelo carregamento rápido. Dessa forma também alcançam 33W de potência. Tanto o modelo base como a variante Pro alcançam, segundo a marca, 100% de tanque cheio em 59 minutos, com carregador turbo incluído.

Huawei P30 Pro

Este pode surpreender alguns, já que está disponível no Brasil desde 2019, quando a Huawei voltou para o país. Àquela ocasião os flagships do nosso mercado ainda não se preocupavam muito com velocidades altíssimas de recarga.

O celular P30 Pro chegou com carregador de 40W incluso na caixa, e segundo a marca, 70% eram alcançados em 30 minutos. Sua bateria é de 4100 mAh, na média para um top de linha.

Lenovo Legion Duel

O primeiro celular gamer da Lenovo no Brasil também entra na lista de melhores carregamentos rápidos por ser compatível com acessórios de 45W. Também está incluso na caixa. A proposta faz sentido vez que gamers utilizam de forma contínua seus aparelhos em partidas, então é um recurso quase que básico de ser implementado em smartphones deste segmento, reduzindo a interrupção do gameplay.

Segundo a Lenovo, são 50% em 30 minutos. Assim sendo, o celular de 5000 mAh carrega na mesma velocidade que alguns aparelhos da Xiaomi de 33W, com mesmo tamanho de bateria, listados. Diferentes cuidados durante a implementação do sistema elétrico podem gerar essas discrepâncias.

Galaxy S20 Ultra e Note 10 Plus

Quem entra na lista de celulares com carregamento mais rápido do Brasil, representando a Samsung, é o Galaxy S20 Ultra. Surpreendentemente, falamos do flagship mais avançado do ano de 2020, e não do de 2021. Este ano a Samsung retrocedeu e limitou seu melhor dispositivo a 25W. No do ano passado, porém, tivemos 45W.

Nesse sentido, o primeiro detalhe, porém, é que o acessório não é incluso na caixa. A potência máxima depende do carregador específico da marca comercializado à parte. Apesar de descrever em uma página que este é o seu Galaxy a carregar mais rápido, a Samsung não exibe estimativas. Porém, o pessoal do GSM Arena conseguiu alcançar 100% dos 5000 mAh preenchidos em 1h14 minutos.

O Galaxy Note 10 Plus, de 2019, também alcança 45W em sua bateria de 4300 mAh, com o acessório vendido à parte e exclusivo da Samsung.

Realme 7 Pro

Chegando ao Brasil neste ano, o atual “campeão” de carregamento rápido em celular é o Realme 7 Pro. O maior destaque dele, inclusive, é mesmo sua velocidade para reabastecer a bateria de 4500 mAh em 34 minutos. 42% são preenchidos em apenas 10 minutos. Surpreendentemente, o acessório, inclusive, é incluído na caixa.

Outro ponto a se levantar sobre o modelo é que se trata de um intermediário, e não top de linha. Falamos, aqui, de mais uma marca chinesa. Um movimento de mercado observado por elas é a inclusão de carregamento rápido na quase totalidade de não apenas flagships, como também intermediários.

Menções honrosas

Apesar de os aparelhos acima serem terem as recargas mais rápidas, tem se tornado comum lançamentos chegarem com compatibilidade de 25W ou mais. É o caso dos novos Galaxy A52 e A72, por exemplo. Com compatibilidade de acessórios a 30W, temos os Zenfone 7, 7 Pro, RoG Phone 3, Mi Note 10, Mi Note 10 Pro, Realme 7 e 5G.

Ressalvas

Vale lembrar, ainda, que a potência máxima é alcançada com carregadores fornecidos ou comercializados pelas próprias marcas, e de forma cabeada. Muitos também podem ser reabastecidos com acessórios sem fios, mas nestes a potência da recarga será bem mais limitada.

Imagem: Steve Johnson/Pexels/CC