Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Xiaomi voltou ao Brasil em 2019, e desde então tem apostado no lançamento de smartphones básicos e intermediários. Isto, porém, começou a mudar com o lançamento de celulares mais avançados, como o Poco F3. Agora, a companhia dá outro sinal de que pretende trazer um portfólio mais avançado: o flagship Mi 11 foi homologado no Brasil pela Anatel.

Com isso, uma etapa burocrática para o lançamento do top de linha no Brasil foi ultrapassada. O modelo “base” da atual geração de smartphones de alto desempenho da marca traz Snapdragon 888, até 12 GB de RAM e 256 GB de armazenamento interno. Sua tela é de 6,81 polegadas com resolução Quad HD, isto em um painel AMOLED com taxa de atualização de 120Hz.

publicidade

Outras especificações do Mi 11 incluem, ainda, câmera principal de 108 MP, sensor ultra-wide e macro. Quem acompanha a Xiaomi, sabe que a fabricante não perde tempo para lançar variantes. Por isso, o mercado já conta também com os Mi 11X, Mi 11X Pro, Mi 11 Pro, Mi 11 Lite, e o mais avançado deles, o Mi 11 Ultra.

Mi 11 vai custar caro no Brasil

Lançado lá fora ao equivalente a R$ 4.848 (conversão direta hoje, 26/05), é de se esperar que, no Brasil, o preço do Mi 11 venha mais salgado ainda. Por histórico os modelos comercializados aqui sempre são disponibilizados a valores bem mais elevados que os preços convertidos lá de fora, por razões que envolvem desde a logística de importação, até os impostos locais.

Vale lembrar, recentemente a empresa também trouxe os intermediários Redmi Note 10, 10S, e 10 Pro. Se tratam de intermediários que, mesmo assim, foram lançados a preços de até R$ 3.399. Outra chinesa que vem lançando — e homologando aparelhos — é a Realme, que já lançou os Realme 7, 7 Pro, e 7 5G por aqui.

publicidade