Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Após liberar os Spaces para todos os usuários com mais de 600 seguidores., o Twitter revelou os primeiros detalhes para os Spaces pagos, com venda de ingressos para papos mais concorridos, por enquanto apenas nos Estados Unidos. Vale lembrar que a ferramenta de áudio do Twitter chegou após a popularização dos chats de áudio promovida pelo Clubhouse, que finalmente está disponível para Android.

Enquanto os Spaces gratuitos exigem que o administrador da sala tenha 600 seguidores, na modalidade paga será necessário que o anfitrião possua 1000. Além disso, o interessado deverá ter promovido ao menos três Spaces sem ingressos no Twitter nos últimos 30 dias. E claro, ter mais de 18 anos para se cadastrar na plataforma de pagamento pela qual o dinheiro será enviado.

publicidade
Dinheiro diluído pelo caminho

Twitter Spaces vai ganhar possibilidade de cobrar ingressos

Este dinheiro, porém, será bem diluído até chegar à conta do criador de conteúdo: até 30% do valor de um ingresso ficará retido pela App Store ou Play Store, dependendo do acordo que a rede social possua com as lojas. Do restante, o Twitter fica com 20% — mas promete zerar as taxas de transação do gateway de pagamento, o Stripe. Botando na ponta do lápis, no pior cenário, se o interessado comercializar ingressos a R$ 5, só vai receber R$ 2,80 do total.

Apesar da divulgação de detalhes, os Twitter Spaces por ingressos ainda não estão disponíveis, nem mesmo nos Estados Unidos. Quando a plataforma lançar o recurso, os interessados deverão preencher um formulário de interesse. Trata-se da mesma mecânica que a rede social começou a fazer com o seu novo sistema de verificação de contas. O retorno, então, se dá em algumas semanas.

Ao lado dos ingressos para o Twitter Spaces, a plataforma tem lançado outras ferramentas visando aumentar sua captação de recursos: anunciou o Super Follow, lançou um sistema de gorjetas, e em breve poderá ofertar uma experiência premium sob custo mensal. O CEO do Twitter, Jack Dorsey, nunca escondeu que está nos planos da empresa monetizar cada vez mais a rede social. E pela enxurrada de novidades nesse sentido, este é um plano de curto ou médio prazo.

publicidade

Via The Verge