Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O chip dos smartphones fica em uma bandeja bem fechada, e para trocar é necessário aquele araminho, bem pequeno, que costuma vir na caixa do celular. No entanto, como algo que acaba sendo pouco usado, muitas vezes essa peça é perdida junto com a embalagem do aparelho.

Mas calma, com um pouco de paciência existem outras formas de abrir o compartimento para trocar o chip (e o cartão de memória muitas vezes). Alguns objetos do cotidiano podem auxiliar nessa tarefa.

publicidade

Basicamente, qualquer coisa que tenha uma ponta de metal semelhante o arame padrão pode ser utilizada. O mais comum deles é um clipe de papel, que pode ser aberto e ter uma de suas extremidades colocadas no buraco. Mas outros objetos também podem ajudar, como brincos, agulha e tachinhas.

O importante é tomar cuidado para não deixar a ponta de metal quebrar dentro do compartimento. Então evite objetos muito finos ou frágeis, como um palitos de dente. Além disso, é sempre bom evitar entortar para que não estrague o objeto usado.

Clipe de papel
sim-card-4475680_1280

Imagem: StockSnap (Pixabay)

O clipe é o objeto mais usado na ausência da chave padrão. Além de ser resistente, ele oferece uma boa base de apoio para conseguir exercer força suficiente e abrir a gaveta. Obviamente, precisa ser de um tipo bem fininho: clipes para tabuletas não vão entrar no buraco.

Agulha ou alfinete
sim-card-4475680_1280

Imagem: stevepb (Pixabay)

Com esse, é preciso tomar cuidado com o tamanho da agulha, já que se ela for muito fina pode quebrar dentro do buraco. Além disso, pelo tamanho, pode ser difícil fazer força para abrir. Um alfinete, com a ponta redonda, é mais ideal – mas precisa ser bem fino.

publicidade
Tachinha de brinco

Essa pode salvar quem estiver na rua: tachinhas de brinco (assim como as de marcar) também podem ser utilizadas para trocar o chip, já que geralmente existe uma base maior com apoio em uma das pontas. Há diversos modelos diferentes, com comprimentos e tamanhos variados, mas no geral, todos possuem características semelhantes que podem ajudar.

Peça ajuda

Se estiver na rua e precisar trocar o chip (e não tiver nenhum desses objetos) uma boa forma de resolver isso é pedindo ajuda em algum local. Assistências técnicas e lojas de operadoras podem ajudar. Shoppings e centros comerciais certamente vão ter um comércio desses.

Matéria inspirada no texto do NextPit.

Imagem: tomekwalecki/Pixabay/CC