Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Com a pandemia da Covid-19, saber se um ônibus está lotado antes de embarcar pode ser extremamente importante e, para tentar evitar que você fique esperando no ponto até achar um vazio, o app Quicko lançou um modo colaborativo em que usuários podem informar o quão cheio o veículo está.

O app da startup brasileira já funciona de forma semelhante com outros serviços do tipo, indicando trânsito e localização do ônibus, mas agora ele está ganhando esse novo recurso para evitar aglomerações no transporte público. Por enquanto, o app e o serviço de monitoramento funcionam nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

publicidade

Ao abrir um destino no mapa e selecionar os horários dos ônibus, é possível verificar a lotação do veículo, ao lado das outras informações como horário e distância que aparecem no app. Caso o usuário deseje, o aplicativo pode ainda encontrar rotas alternativas ou até mesmo selecionar um caminho com bicicleta, ou a pé.

App de monitoramento de ônibus

Para saber o quão cheio o transporte está, o app usa a colaboração de usuários, que podem indicar a lotação. Claro que, a disponibilidade do recurso está ligada a quantidade de pessoas que utiliza, quanto mais usuários, mais ônibus vão ser registrados.

App permite checar lotação do ônibus antes do embarque

Imagem: Divulgação Quicko

“Informação é fundamental para que os usuários possam decidir a melhor rota de forma inteligente, conveniente e econômica. Agora, usando tecnologia, a Quicko possibilita ao usuário reportar e acompanhar problemas nas linhas de ônibus, dando mais segurança às pessoas que precisam se locomover pelas cidades. Com a nova ferramenta, por exemplo, é possível usar o transporte público de forma consciente e ainda escolher horários e rotas com menos fluxo, evitando a exposição ao novo coronavírus (Covid-19)”, diz o anúncio.

De acordo com o app, uma pesquisa da Rede Nova São Paulo indicou que para 23% dos entrevistados que andam de ônibus na capital paulista, o principal problema do transporte na cidade é justamente a lotação dos veículos. Além disso, para 39%, o medo de pegar coronavírus é outro fator decisivo.

publicidade

O app de transporte Quicko foi lançado há pouco mais de um ano para o Android e deve ganhar uma versão para iOS em breve.

Imagem: krblokhin (iStock)