Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Vivo Global, fabricante de celulares chinesa, homônima da operadora de telefonia que atua no Brasil, anunciou nesta segunda-feira (10/05), que os aparelhos da família X (como o X60) terão atualizações Android disponibilizadas por mais tempo. De acordo com o comunicado da empresa, o suporte, agora, será dado por três anos para todos os smartphones da linha comprados a partir de julho de 2021.

“Os carros-chefes da série X são feitos para durar, e queremos ter a certeza de que nossos clientes terão um suporte de software que corresponda às expectativas. O usuário é nossa prioridade, e nossa promessa é a de que eles poderão desfrutar de uma experiência premium de smartphone por um período prolongado, e continuar a se beneficiar dos recursos de software mais recentes”, avisou Yujian Shi, vice-presidente sênior e CTO da Vivo Global.

publicidade

No mesmo comunicado em que o CTO da Vivo fez o anúncio, a empresa explicou que a ampliação do tempo de atualizações do sistema Android, a princípio, ficará limitada a alguns mercados e países específicos. De acordo com a empresa, a apólice cobrirá, inicialmente, os mercados da Europa, Austrália e Índia, mas “os modelos premium da série X que não são elegíveis continuarão a receber atualizações regulares de segurança do Android (de dois anos)”.

Nada se cria, tudo se copia

A decisão de ampliar o tempo de atualizações do Android, anunciada pela Vivo para a série X, colocou a empresa à frente de rivais como a OnePlus, mas não tornou a empresa a primeira a tomar tal atitude. Recentemente, a Oppo também anunciou que os smartphones da série Find X3 também terão direito a três anos de atualizações.

O Google foi outro fabricante que recentemente divulgou, em sua página de suporte, que os smartphones da linha Pixel ganharam direito a três anos de atualizações. A sul-coreana Samsung foi além, e estendeu as atualizações de segurança e do Android para quatro anos, um a mais do que a nova determinação da Vivo.

Via The Verge

publicidade