Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O WhatsApp causou furor quando anunciou suas novas políticas de uso e privacidade e avisou que tornaria obrigatório o aceite, caso contrário, poderia supsenser o serviço. Muitas reclamações surgiram, e então a adesão foi postergada para entrar em vigor agora em maio. Mas o WhatsApp deu para trás e desistiu de expulsar quem não concordar com as mudanças. Mas ainda assim inutilizará uma série de funções básicas como forma de pressão.

O Android Central conseguiu respostas diretas de um porta-voz do aplicativo, que anunciou como se dará o funcionamento limitado do mensageiro. Caso o usuário postergue o aceite, não conseguirá abrir as conversas ou iniciar novos chats. Mas ainda receberá chamadas de áudio e vídeo. Também será possível responder notificações diretamente pela barra de alertas.

publicidade

De tempos em tempos o pop-up com as novas políticas aparecerá, e novas limitações poderão ser promovidas, como o bloqueio total de recebimento de chamadas ou aviso de novas mensagens. Assim, o WhatsApp não expulsa o usuário que não concordar com a sua nova política, mas dá o seu jeitinho para te fazer repensar os novos termos de uso.

15 de maio

Vale lembrar que as novas políticas entram no ar em 15 de maio. Ao passo que a companhia desistiu de expulsar usuários, praticamente sequestra contas até que o consumidor concorde em compartilhar informações sensíveis com o Facebook, como número de telefone, transações (agora que o WhatsApp Pay chegou ao Brasil), e outros dados sensíveis como interações com usuários, de modo a facilitar o rastreio para anúncios.

Não fica claro se, no iOS, a nova política anti-rastreamento da Apple poderá minimizar o impacto do WhatsApp, expulsando ou não, adotar sua nova política. Em teoria, autorizar um app a “vasculhar” seu comportamento no dispositivo difere de permitir que o próprio aplicativo observe com mais profundidade o seu uso dentro dele mesmo, com mais profundidade.

Via Android Central

publicidade

Imagem: Pexels/Pixabay/CC