Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Com as mudanças de rastreamento de dados para anúncios direcionados da Apple chegando ao iOS 14, a indústria de marketing dos anunciantes garante que irá sofrer um baque forte. Eles acreditam que a implementação do App Tracking Transparency (ATT) da Apple fará com que muitos usuários escolham não ter seus dados rastreados, e não têm certeza de como isso vai impactar sua indústria de US$ 105 bilhões, segundo o AdWeek.

Anunciantes estão preocupados com mudanças

Com a atualização ATT, os desenvolvedores serão obrigados a introduzir um pop-up pedindo a permissão dos usuários para rastrear seus dados para entregar anúncios direcionados, e a expectativa é que apenas 32% dos usuários irão aceitar, segundo o AppsFlyer. “O setor de anúncios para celular está encarando o abismo enquanto as mudanças de privacidade se aproximam”, disse o AdWeek.

publicidade

Uma fonte comparou o impacto da atualização ATT nos anunciantes com o que aconteceu com a introdução da Intelligent Tracking Prevention (ITP) da Apple para o navegador Safari, em 2018. Na ocasião, a indústria de marketing perdeu centenas de milhões de dólares em renda. Uma fonte de outra empresa disse que eles esperam uma queda inicial de 9% no faturamento. Já o Facebook, antes de Zuckerberg mudar de ideia e dizer que a atualização de privacidade da Apple pode ser boa para sua companhia, esperava uma queda de 60%.

O outro lado da questão

Em contraponto, muitos acreditam que o medo dos anunciantes com as mudanças de rastreamento de dados da Apple é exagerado. Craig Federighi, vice-presidente sênior de engenharia de software da Apple, defendeu as mudanças de rastreamento e disse que outras companhias de tecnologia devem seguir o exemplo da Maçã em questões de privacidade no futuro. Os anunciantes podem até não gostar, mas a privacidade dos usuários agradece.

Via AppleInsider

Imagem: Valdemaras D. (Pexels)

publicidade