Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Fortnite é um jogo battle royale que impulsionou o gênero, e há tempos colabora com outras franquias para trazer itens cosméticos especiais ou mesmo skins novas. Só em abril vimos parcerias com Neymar, o jogo Horizon Zero Dawn, e o meme Stonks. E agora a Epic Games homenageia seus próprios personagens, que começam a receber uma skin retrô.

A novidade foi publicada por acidente na conta da França do jogo, via Twitter. Sabemos que se tratou de um acidente, de início, pois a publicação logo saiu do ar. Mas claro, ficou online tempo o suficiente para muita gente ficar sabendo. O vazamento, porém, não demorou para ser oficializado, já que poucas horas depois Fortnite liberou a skin retrô do personagem. Foi lançada a skin Toon Meowscles, em uma mistura de animação 2D com 3D. Aqui, parece haver inspiração no jogo Cuphead, totalmente desenho dos anos 1930, transmitindo uma ilusão 2D.

publicidade

Como as skins de Fortnite terão estilo retrô, essas técnicas de animação foram combinadas para emular o estilo clássico dos cartoons dos anos 60 com o tipo de modelação dos personagens do jogo. Em virtude desse primeiro lançamento, foi liberado também uma pequena animação, publicada pela PlayStation.

publicidade

Por último, a conta de Fortnite no Twitter também liberou o chamado “emote” da skin retrô, que traz um rap executado nas vitórias em batalha. A roupagem custa 1700 V-Bucks, que é a moeda virtual do jogo (que exige dinheiro real para ser comprada).

Enquanto os jogadores seguem se divertindo com o battle royale, a Epic Games trava uma verdadeira guerra jurídica contra a Apple devido à retirada do game da App Store. A desenvolvedora quer provar que a loja de Tim Cook tem práticas de monopólio. Para a “sorte” da empresa, o iOS não chega a ser o canal mais rentável do título.

Via EuroGamer