Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Xiaomi anunciou hoje o lançamento do “Mês de Promoção de Inovação Tecnológica, Padrões e Propriedade Intelectual”, e convidou especialistas de todo o mundo para participar da discussão que pode render novos registros de patentes para a empresa chinesa. De acordo com os relatórios divulgados, a Xiaomi tem, hoje, 19 mil patentes espalhadas pelo mundo, quase metade delas fora da China.

Além do expressivo número de patentes, a Xiaomi também tem 27 mil marcas registradas ao redor do globo, cobrindo 160 países. Os números divulgados pela empresa indicam ainda que a marca é líder em mais de 100 padrões tecnológicos na China, além de ter entrado no top 15 no âmbito de patentes registradas sob a tecnologia 5G.

publicidade

Mais patentes, mais investimento

Arcar com o registro de tantas patentes e marcas pelo mundo não é barato, e os executivos da Xiaomi sabem disso. Recentemente, Lei Jun, CEO da marca, confirmou que a empresa pretende investir 50 bilhões de yuans (algo em torno de R$ 42,2 bilhões, na conversão direta) no País para, desta forma, “continuar a aumentar a inovação tecnológica e fazer com que a inteligência artificial da Internet das Coisas se torne um produto completo, com todas as plataformas e todo o ecossistema inteligente”.

Os investimentos e o esforço da Xiaomi refletiram diretamente no recente relatório da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI). Segundo o órgão, em relação aos resultados do registro do International Design System (Hague System), o número da China aumentou 22,7%. A Xiaomi, em particular, teve 516 registros de design, alcançando a quinta colocação no mundo e se tornando a primeira empresa da China a compor o top 5 global.

“Somos capazes de alcançar esses resultados, que são uma manifestação da melhoria contínua da força inovadora das empresas chinesas. Acreditamos que, no futuro, a Xiaomi contará com uma grande quantidade de investimento de capital e a introdução de talentos de alta tecnologia, aprofundará sua tecnologia central e seguirá o caminho da inovação independente”, celebrou a marca.

Via Real Mi Central, It Home e Giz China

publicidade

Imagem: iStock