Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Depois do X10 e do X20, a HMD Global está preparando o lançamento de um novo modelo com conectividade 5G neste ano, o Nokia X50 5G. Segundo segundo informações do site Nokiapoweruser, o dispositivo deve chegar ao mercado no terceiro trimestre de 2021.

O X50 5G será o sucessor do Nokia 8.3, primeiro smartphone da marca finlandesa com suporte à banda 5G. De acordo com as informações mais recentes, o novo modelo deve vir com processador Snapdragon 775 e câmera principal de 108 MP – um avanço em relação à lente de 64 megapixels no X20.

publicidade

O Snapdragon 775 é um SoC inédito da Qualcomm que é cotado para substituir o 765G, lançado no ano passado. Já o módulo da câmera traseira no X50 5G deve incluir, além do sensor principal de 108 MP, uma lente grande angular, uma de profundidade, uma macro e uma teleobjetiva. Vale destacar também que suas cinco lentes serão produzidas pela alemã Carl Zeiss, parceira de longa data da Nokia, e que foi a responsável pela lente do popular N95 no fim dos anos 2000, por exemplo.

Além disso, o novo smartphone também virá com uma tela QHD+ de 6,5 polegadas e taxa de atualização de 120Hz. A bateria terá capacidade de 6000 mAh, com carregamento rápido de 22W.

Por que Nokia X50 5G e não Nokia 8.4 5G?

Devemos receber mais detalhes sobre o motivo da mudança nas próximas semanas (ou se ela, de fato, será levada a cabo), mas os rumores são de que a alteração se dará por questões de marketing. Ao que tudo indica, a HMD Global optou por valorizar a nova linha de celulares – especialmente a X, categoria “premium” – em vez de continuar a numeração 8, iniciada no fim de 2017.

Ainda não há informações sobre a interface e o sistema operacional do celular, mas é bem provável que o celular venha com Android – na esteira dos basicões X10 e X20. A questão fica então por conta da interface, principalmente após o recente descontentamento da Nokia com a versão tradicional do sistema do Google.

publicidade

Via GSM Arena

Imagem: Stas Knop/Pixabay/CC