Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Nokia reformulou o seu catálogo de smartphones de entrada, e parece que aproveita o momento para começar a vender alguns modelos sem carregador. Com três linhas de low-ends anunciadas recentemente, foi descoberto que ao menos o Nokia X20 — o mais avançado deles — não incluirá o acessório.

Se por um lado a HMD Global animou os consumidores ao informar que o lançamento contaria com três anos de atualizações do Android, alguns poderão se frustrar com essa decisão que vem se tornando comum por parte das fabricantes. As alegações incluem que, teoricamente, os compradores já possuem carregadores de parede em casa. Além, claro, de tentarem vender a ideia de uma preocupação com o meio-ambiente.

publicidade

A decisão da fabricante — por mais que Apple, Samsung e Xiaomi já tenham adotado esse comportamento com seus produtos top de linha — surpreende um pouco pois mexe em um segmento bem diferente: o de dispositivos de entrada. Até então as marcas só retiraram o acessório de produtos caros. O pensamento comum é o de que, quem compra um celular caro, não se incomoda de comprar um carregador, caso precise. Agora, quem procura um celular barato, se comportará da mesma forma?

O tempo irá dizer se isso mexerá nas vendas da companhia, que lança o Nokia X20 sem carregador em julho em mercados selecionados. O celular é um produto de entrada, mas traz recursos interessantes para o segmento, como conectividade 5G graças ao chip Snapdragon 480. São quatro câmeras traseiras, uma para selfies de 32 MP, uma bateria robusta de 4.470 mAh, e até 8 GB de RAM. Aqui você confere maiores detalhes das especificações.

Via 91Mobiles

publicidade