Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Apple aproveitou o Dia Mundial da Terra, comemorado hoje (22/04), para reforçar o seu compromisso em se tornar uma empresa 100% neutra na emissão de carbono até 2030. A medida foi publicada em um vídeo no YouTube e inclui uma série de ações conscientização aos seus usuários.

No vídeo, a Apple lembra os usuários de que seus escritórios nos Estados Unidos já são 100% neutros em carbono, mas que a empresa deseja ir além, transformando cada iPhone, iPad, Apple Watch e iMacs em produtos derivados de materiais 100% reciclados ou renováveis.

publicidade

Para que isto aconteça, a Apple diz que está encontrando novas maneiras de extrair alumínio, aço, estanho, tungstênio e plástico de produtos reciclados, e está cultivando árvores e reciclando papel suficiente para sustentar todas as suas embalagens.  Confira o vídeo abaixo:

Apple planeja diminuir seu impacto no meio ambiente

Ainda de acordo com a Apple, a meta de expandir estes princípios para empresas parceiras e garantir a sustentabilidade dos produtos está relacionada com os 17 objetivos de desenvolvimento da ONU, que tomam o ano de 2030 como data limite para se estabelecer um planeta mais sustentável, menos desigual e que garantirá a existência de um novo século para a humanidade. Para que isto aconteça, a empresa também se comprometeu a doar US$ 4,7 bilhões (R$ 25 bilhões) ao seu Green Bond (um fundo de investimento dedicado ao combate do efeito estufa), esta quantia deverá ser utilizada para o financiamento de projetos de energia renovável. A empresa também anunciou que também doará cerca de US$ 200 milhões (aproximadamente R$ 1 bi) para proteger as florestas do mundo, acelerando soluções naturais para mudanças no benéficas ao clima.

Apesar disso, o fato de que a Apple se tornará uma empresa Carbono Neutra não quer dizer que ela vai parar de emitir gás carbônico. Este termo é designado para empresas que criam alternativas para diminuir o impacto ambiental, reparando os danos causados pela sua produção industrial.

publicidade

Assim, se as fábricas chinesas que fabricam o iPhone resultam na emissão de uma determinada quantia de poluentes, a Apple se compromete a criar medidas para equilibrar esta poluição por meio da reciclagem de produtos eletrônicos, reciclagem de papel e plantação de árvores. Na prática, é um sistema de redução de danos, mas que não acaba com os danos que já foram causados ao planeta. Além da Apple, a empresa declarou que cerca de 110 dos seus parceiros comerciais também vão aderir ao projeto de zerar emissões de carbono até 2030. Trata-se de empresas responsáveis pela montagem e distribuição de aparelhos como o iPhone, iPad, MacBooks e as futuras TVs 4K da empresa.

Ações de conscientização

Além dos investimentos, a Apple também divulgou que criou uma série de campanhas de conscientização aos seus usuários ao redor do mundo. Plataformas como o Apple Podcasts, Apple TV e Apple Arcade receberam conteúdos didáticos sobre aquecimento global, mudanças climáticas e o impacto dos nossos hábitos nas gerações futuras.

No Apple Podcasts, por exemplo, foi criada a editoria “Earth Won’t Wait” que reúne conteúdos editoriais sobre questões ambientais, inspirando os usuários em participarem ativamente na luta contra as mudanças climáticas, incluindo seções sobre consumismo consciente e sustentabilidade.  Além disso, os donos do Apple Watch poderão desbloquear uma série de stickers exclusivos com a temática do Dia da Terra se completarem um treino dedicado a data. A ação está disponível somente nesta quinta-feira (22/4).

Cúpula do clima

O Dia Mundial da Terra é comemorado anualmente desde 1970 como uma data para que as pessoas se lembrem dos problemas de contaminação e conservação da biodiversidade do nosso planeta.  Além do anúncio da Apple, o dia foi marcado pelo encontro da Cúpula do Clima, quer reuniu líderes das principais potências do mundo para debater sobre medidas de proteção ao meio ambiente. A produção de equipamentos eletrônicos como smartphones esteve em pauta.

Via 9to5Mac