Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Após, entre outras, adotar energia eólica em sua sede, o Google fez uma nova declaração sobre sustentabilidade. Desta vez, é sobre o uso de plásticos e outros agentes que ajudam a agredir o meio ambiente.

No ano passado, o Google fez uma promessa de incluir materiais reciclados em todos os seus produtos até 2022. De acordo com a empresa, essa meta já foi atingida e todos os novos produtos. O Pixel e o Nest incluem em seu design materiais de fato reciclados.

publicidade

À luz desse sucesso, o Google anunciou algumas novas metas de sustentabilidade para os próximos anos.

Metas de sustentabilidade do Google

A lista de compromissos começa com uma atualização de sua meta anterior. Com isso, a empresa promete usar pelo menos 50% de plásticos reciclados ou renováveis ​​em todo novo hardware até 2025.

Em seguida, compromete-se a alcançar a UL ECVP 2799 Zero Resíduos. Essa certificação da UL (Underwriters Laboratories, organização que é referência mundial em testes de sustentabilidade). Afirma que as empresas certificadas tratam ao menos 80% de seus resíduos. Isto é, não os mandam a aterros sanitários.

publicidade

A promessa é que essa meta será atingida em todos os locais de fabricação e montagem do Google sustentabilidade certificada final até o ano de 2022.

Além dos novos equipamentos sem plástico não reciclado, o Google também promete o compromisso com as embalagens não plastificadas até 2025. A multinacional diz que vem reduzindo seu uso de plástico em embalagens desde 2016, mas pesquisas dizem que atingir 100% da reciclabilidade nos produtos e ainda protege-los no transporte será difícil.

OGoogle, que já teve como slogan “Não faça nenhum mal”. É bom ver o Gigante se comprometendo de sustentabilidade de forma sólida. Uma meta assim, se cumprida, terá impacto tanto no que diz respeito ao ambiente quanto a dar um exemplo a todo o setor.

Via Google