Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Para aqueles que estavam em dúvida sobre a atualização de seus telefones LG, a empresa anunciou um compromisso de até três atualizações do sistema operacional Android. Essa garantia de iterações vale para todos os celulares premium da marca, a partir do ano da compra do aparelho, de 2019 em diante.

Com isso, a série G, a série V, o Velvet e o Wing, mais alguns modelos de 2020, como o LG Stylo e a série K, deverão receber atualizações do Android. O compromisso publicado hoje deve possibilitar um impulso nas vendas dos estoques de celulares da empresa e em seus últimos meses de produção. A empresa pretende desacelerar seus trabalhos nos próximos dias, até o encerramento final, em 31 de julho deste ano.

publicidade

O que a LG quer dizer com isso, entãso, é que os clientes que ainda quiserem comprar esses celulares premium da LG, atualmente em estoque, terão suporte e atualizações de software de segurança por um certo período. Há a ressalva de que atualizações futuras também dependerão, em grande parte, da programação de distribuição do próprio Google. A fabricante em fechamento de portas orienta que mais detalhes sobre essas questões podem ser encontrados em seu centro de atendimento ao cliente.

Notificação do Procon

O anúncio vem três dias após a famosa marca coreana informar oficialmente o encerramento de sua produção de celulares, após 23 trimestres consecutivos de prejuízos. A LG viu sua participação no setor reduzir drasticamente, ano após ano. A empresa coreana teria perdido cerca de US$ 4,5 bilhões em um período de seis anos.

A informação oficial de hoje sobre as atualizações dos aparelhos LG pode ajudar a responder questões inclusive presentes na notificação feita pelo Procon. O órgão de proteção ao consumidor deu prazo para que até esta sexta-feira (09/04) a empresa se pronuncie a respeito de não deixar os clientes desamparados, além de uma extensa relação de pendências que deverão ser respondidas.

Via TechRadar

publicidade