Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

O fenômeno Call of Duty: Mobile acaba de romper novas barreiras. Após atingir a marca de 300 milhões de downloads em um ano, a TiMi Studios, empresa subsidiária da Tencent e responsável pelo desenvolvimento do game anunciou a receita do jogo em 2020: US$ 10 bilhões de dólares, ou R$ 56 bilhões.

Os dados foram divulgados em um relatório da Reuters, na última semana, e divergem da receita anunciada pela Activision Blizzard, detentora dos direitos de publicação do game, que revelam algo em torno dos US$ 8 bilhões. De acordo com as informações, a divergência entre os valores está relacionada a alguma métrica interna do cálculo das empresas, com despesas que provavelmente não são consideradas no custo de produção da TiMi.

publicidade

Apesar disso, a verdade é que Call of Duty: Mobile teve uma receita invejável no último ano. Desde o seu lançamento, em 2019, o jogo é um sucesso em todo o mundo, com atualizações e eventos que mantém a comunidade ativa.

Novo projeto anunciado

Os cofres cheios também estão possibilitando a produtora o investimento em novos projetos. De acordo com a Tencent – que também é detentora da Riot, de League of Legends e sua versão mobile, Wild Rift, -, a TiMi pretende continuar investindo em Call of Duty: Mobile, mas já possui um segundo time focado no desenvolvimento de um título Triple AAA com ambientação aberta, nos moldes de Roblox e Fortnite.

Além disso, a empresa estaria construindo um estúdio em Los Angeles para aproximar as suas produções do mercado internacional.

Call of Duty: Mobile pode ser jogado gratuitamente em dispositivos Android e iOS.

publicidade

Via The Verge