Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A revelação veio no último relatório da Global Data, com dados compilados entre 2016 e 2020: a Apple é a companhia que mais compra empresas de Inteligência Artificial (IA) no mundo, nos últimos quatro anos. Das 60 últimas aquisições feitas pelo grupo de cinco empresas que mais gastaram no segmento – Apple, Microsoft, Google, Facebook e Accenture -, 25 ficaram a cargo da marca de Cupertino.

E foram nada menos do que 100 nos últimos seis anos, segundo o próprio Tim Cook, CEO da Apple. “A Apple fez uma maratona de compras tentando alcançar o Google (Google Assistente) e a Amazon (Alexa). A Siri foi a primeira no mercado, mas está consistentemente abaixo dos dois em termos de “inteligência”, o que é em parte o motivo pelo qual a Apple está muito atrás nas vendas de alto-falantes inteligentes”, comentou Nicklas Nilsson, analista sênior da GlobalData.

publicidade

De acordo com o executivo da GlobalData, o leque de empresas que fizeram parte do plano de compra da Apple é bastante extenso, e com as mais diversas funcionalidades para tentar colocar a Siri no mesmo nível das outras inteligências artificiais do mercado. “A startup de aprendizado de máquina Inductiv foi adquirida para melhorar os dados da Siri, a startup de tecnologia de voz irlandesa Voysis foi comprada para melhorar a compreensão da linguagem natural da Siri e o PullString deve tornar o Siri mais fácil de usar para desenvolvedores iOS”, explicou.

Ideia fixa

O trabalho da Apple para incrementar a Siri e aumentar a IA da assistente virtual é antigo. Um relatório de 2019 da CB Insights apontou que, desde 2010, ano em que a Apple comprou a Siri, a empresa de Cupertino investiu mais em inteligência artificial do que Facebook, Google, Microsoft e Amazon. “A IA continua sendo uma área de foco principal para os gigantes da tecnologia, e a competição crescente para dominar o espaço resultou em uma onda de aquisições entre essas empresas”, comentou Aurojyoti Bose, Analista de Fundamentos de Negócios Líder da GlobalData.

Os investimentos da Apple também foram dedicados para melhorar a qualidade dos wearables, em especial do Apple Watch. Não à toa a empresa é líder em vendas desse segmento de mercado. “A aquisição da Xnor.ai no ano passado foi feita para melhorar seus recursos de processamento de ponta, o que se tornou importante porque elimina a necessidade de envio de dados para a nuvem, melhorando assim a privacidade dos dados”, concluiu Bose.

O relatório da GlobalData mostrou ainda que tanto a Apple quanto as outras empresas que lideram o segmento de compra em IA também estão investindo alto na contratação de funcionários e na abertura de novas vagas de emprego. Uma análise de dados mostrou que as cinco companhias abriram 14 mil novas posições de trabalho em IA durante o ano de 2020.

publicidade

Via The Next Web

Imagem: Watchiwit/iStock