Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A semana começou animada para quem vê com bons olhos os celulares da Xiaomi e suas subsidiárias como a Redmi e Poco. Envoltos em rumores durante muito tempo, os Poco X3 Pro e Poco F3 foram, enfim, lançados, trazendo hardware de ponta para performance.

Enquanto o X3 Pro entrega o Snapdragon 860, o Poco F3 é o verdadeiro flagship lançado hoje (22/03) e é basicamente o Redmi K40 renomeado. Tanto é que conta com o mesmo poderoso Snapdragon 870 e pega emprestado os sensores de 48 MP (principal), 8 MP (ultra-wide) e 5 MP (macro). Na frontal também replica a lente de 20 megapixels. Já a tela é igual também: 6,67 polegadas de uma painel AMOLED com resolução full HD, somada a uma taxa de atualização de 120Hz, HDR10+ e taxa de amostragem para conhecimento de toque de 360Hz.

publicidade
Recursos para gamers

Projetado como flagship, o Poco F3 lançado hoje traz ainda configurações de 6 GB ou 8 GB de memória RAM, com opções de 128 GB ou 256 GB. O mais interessante aqui é que são empregadas as tecnologias LPDDR5 e UFS 3.1. Tudo isso garante maior agilidade na execução de aplicativos porque os componentes conseguem trocar informações em uma velocidade maior, diminuindo, por exemplo, o tempo de tela de carregamento em jogos.

Com uma bateria de 4520 mAh, o Poco F3 pode ser carregado com até 33W de potência. Para a “sorte” do futuro comprador o conjunto inclui carregador na caixa, mas não vem especificado se esse acessório aproveita todo o potencial do fast charging do celular.

Captura 4K, microfones e Dolby Atmos

Celulares Poco F3 lançados hoje (22/03) pela Xiaomi

Outras qualidades do Poco F3 incluem conectividade 5G, Wi-Fi 6, NFC e Bluetooth 5.1. O desbloqueio biométrico se dá pelo botão de energia, que abriga o sensor de digitais. Como esperado de um produto dessa categoria, é possível gravar vídeos até 4K. Um aspecto interessante aqui é a presença de três microfones que, segundo a Xiaomi, podem promover captura de áudio em 360º. O suporte a Dolby Atmos promete trazer qualidade decente de som para os dois alto-falantes embutidos.

publicidade

Por último, os preços começam no equivalente a R$ 2.303 (conversão direta hoje, 22/03) e vão até R$ 2.634. As entregas começam em 27 de março. Vale lembrar que a Xiaomi atua no Brasil ao lado da parceira DL, e inclusive a linha Poco se faz presente por aqui. Será que os lançamentos de hoje chegarão algum dia por aqui? O que sabemos até o momento é que ao menos a linha Redmi Note 10 vai chegar ao mercado brasileiro.

Via GSM Arena