Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

É comum que smartphones e outros dispositivos inteligentes ganhem novos recursos com atualizações de software, mas geralmente envolvendo novas funções virtuais. A Apple, porém, pode estar guardando uma surpresa interessante dentro do HomePod Mini: um termômetro e sensor de umidade estariam guardados dentro do gadget, e poderiam ser destravados futuramente.

O que levou a essa descoberta foi a abertura do eletrônico para descobrir se seria fácil ou difícil remontá-lo, a fim de descobrir-se o grau de dificuldade de reparos do produto. Hoje, o HomePod permite que acessórios de terceiros compatíveis possam promover essas medições, mas uma solução nativa seria bem-vinda para os usuários que gostariam de promover automatizações a partir de determinados gatilhos.

publicidade

Por exemplo, imagine que com os sensores de termômetro e umidade destravados no HomePod Mini o usuário poderia ter maior facilidade para automatizar o funcionamento do ar-condicionado. A Apple, porém, nunca se pronunciou sobre estes sensores, que podem estar sendo guardados para uma grande atualização do gadget de automação residencial no futuro.

Briga grande com Google e Amazon

Seja como for, o HomePod Mini é o esforço mais recente da empresa de Cupertino para avisar ao mercado que não desistiu de alto-falantes inteligentes, apesar da descontinuidade do HomePod original. A Maçã não traz esses dispositivos para o Brasil, infelizmente. Aqui, as opções mais populares e difundidas são o Google Nest Mini e linha Echo, da Amazon. Lá fora, o HomePod Mini e seus sensores supostamente destraváveis — no futuro — custam US$ 99 (R$ 547 em conversão direta hoje, 22/03).

Vale lembrar, esse tipo de produto vem fazendo sucesso no Brasil: uma pesquisa revelou que a cada dez pessoas, ao menos quatro já interagem por voz com os seus dispositivos eletrônicos. Mesmo jogos já são desenvolvidos para esses sistemas, que bem configurados podem tornar tarefas do dia a dia bem práticas.

Via 9to5Mac

publicidade