Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A cobrança de royalties por uso de patentes 5G pode ser uma forma encontrada pela Huawei para tentar contornar suas dificuldades financeiras e comerciais. Entre as empresas que estariam interessadas em negociar com a fabricante chinesa, estariam Apple e Samsung.

Em um anúncio oficial, a Huawei declarou que, dos fabricantes de smartphones, será cobrada uma taxa de US$ 2,5 (em nossa moeda, é algo em torno de R$ 14) por aparelho. Enquanto isso, para outras classes de equipamentos, como carros e eletrodomésticos inteligentes, os valores serão negociados.

publicidade

O valor anunciado pela Huawei e seus royalties de patentes 5G para smartphones pode ser um diferencial favorável para a empresa nesse tipo de negociação. A Qualcomm, que também é uma das marcas no mundo detentoras de patentes 5G, cobra até US$ 7,5 por dispositivo (ou quase R$ 42 convertidos), por exemplo. Ou seja, com um valor bem abaixo, a Huawei pode acabar sendo mais atrativa para fabricantes que produzem dezenas de milhões de aparelhos por temporada, como Apple e Samsung.

O que são patentes 5G

Patentes 5G são documentos de exclusividade na exploração comercial de padrões criados para a conexão e comunicação entre dispositivos nesta rede, permitindo a interoperabilidade global. Empresas como a Qualcomm, Ericsson, LG e Nokia participam do processo de definição desses padrões, apresentando também novas tecnologias que podem patentear em seus nomes. As patentes 5G são pontos essenciais neste momento de desenvolvimento da nova tecnologia, levando o nome de SEPs (Standard Essential Patents) 5G, como a Huawei está licenciando.

A Huawei tem, até o momento, cerca de 3 mil famílias de patentes 5G declaradas, sendo a dona da maior coleção mundial de patentes relacionadas à essa tecnologia. Ela é seguida pela Samsung, com um pouco mais de 2,3 mil famílias de patentes, e pela LG, que possui algo um pouco acima de 2,1 mil famílias de patentes 5G.

Nokia, Ericsson e Qualcomm vêm logo em seguida e, juntas, essas seis empresas possuem 65% das famílias declaradas de SEPs 5G. Os 35% restantes de patentes essenciais são compartilhados por cerca de 70 empresas pelo mundo. A Huawei lançou um mini-site de patentes, com suas patentes organizadas em diferentes portfólios, que serão atualizados regularmente para manter a indústria informada sobre as últimas inovações da empresa.

publicidade

Um ponto bastante importante nessa movimentação da Huawei está ligado à geração de receitas diante da situação delicada da empresa perante a guerra comercial com os Estados Unidos. A Huawei estima que receberá cerca de US$ 1,2 a US$ 1,3 bilhão em receitas de licenciamento de patentes entre 2019 e 2021, o que pode ser benéfico para seus cofres, já que está na lista negra de negócios proibidos para as empresas vinculadas ao país americano.

Via Phandroid e Pocketnow