Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

O TikTok anunciou nesta quarta-feira (10/03) uma atualização para filtrar bullying e assédio na plataforma. O upgrade ocorreu com o intuito de promover maior empatia e respeito para a comunidade de usuários do aplicativo. 

O novo recurso Filtrar Todos os Comentários do TikTok, já disponível no Brasil, permite aos usuários filtrar e revisar cada comentário enviado para seu vídeo, sendo assim, o usuário poderá decidir se ele aparecerá no conteúdo ou não. Posteriormente, existia a opção de aplicar um filtro que direcionava comentários com spam ou linguagem e palavras-chave ofensivas.

publicidade

Um outro novo recurso também foi apresentado. É projetado para treinar usuários do TikTok tentados a postar comentários de bullying e assédio, assim, que podem ser prejudiciais ou inadequados. Se for escrito em um comentário, por exemplo “você é feio”, aparecerá um aviso que sugere que a pessoa reconsidere o comentário e permite que ela o edite antes que ele seja postado.

Sabemos que os comentários são uma forma importante de os membros da comunidade se conectarem com os criadores e continuaremos a desenvolver maneiras de promover uma discussão respeitosa”, afirma o comunicado do TikTok.

O comportamento abusivo na internet está longe de ser algo novo. O uso de dispositivos para assediar, ameaçar ou constranger outra pessoa, existe desde a década de 1990, quando o interesse e o acesso à internet se expandiram mundialmente. A situação apenas se agravou com o surgimento das redes sociais como o Facebook e o Twitter, que dedicam recursos consideráveis ​​para reduzir o bullying online em seus sites.

publicidade

Segundo pesquisa divulgada pela UNICEF e pelo representante especial do secretário-geral da ONU em 2019, um em cada três jovens em 30 países disseram ter sido vítimas de bullying online. No Brasil, 37% dos respondentes da pesquisa afirmaram já terem sido vítimas de cyberbullying. As redes sociais foram apontadas como o espaço online em que mais ocorrem casos de violência entre jovens no país.

Para resolver essas questões de bullying e assédio, o TikTok também anunciou uma parceria com o Cyberbullying Research Center, uma organização que fornece informações sobre a natureza, extensão, causas e consequências do cyberbullying. O TikTok também disse que trabalhará com o centro para desenvolver iniciativas que mantenham um ambiente de apoio e boas-vindas para as pessoas na plataforma.

“Os novos recursos Filtrar Todos os Comentários e Repensar do TikTok são passos positivos para promover a gentileza, e estamos ansiosos para colaborar em outras formas de proteção contra intimidação e assédio”, disse Sameer Hinduja, codiretor do Centro de Pesquisa de Cyberbullying, em um demonstração.

Via Cnet

Imagem: Wachiwit (iStock)